Checagem de DRM do Xbox One interrompe torneio de Killer Instinct

Quando a Microsoft anunciou o Xbox One, todo mundo ficou preocupado com as políticas de DRM da companhia para o console, já que elas não pareciam lá muito amigáveis com quem não tinha uma conexão muito confiável, além de darem demasiado poder aos produtores de jogos em detrimento dos consumidores. Felizmente, a companhia teve um surto de bom senso ao reverter boa parte dessas políticas meses depois, e todo mundo ficou tranquilo. Ou não.

Ontem, durante um torneio de Killer Instinct, o Defend the School, em Nova Iorque, uma partida foi interrompida por causa de uma checagem rotineira de DRM que o console faz, fazendo o Xbox One voltar à Dashboard e fazer a pergunta aos jogadores se eles possuíam esse jogo ou app. O ocorrido foi retratado no vídeo abaixo, lá pela marca de 6m30:

O Xbox One, não satisfeito em interromper a partida, continuou a mensagem dizendo que se os donos do console tinham o disco dele, essa era a hora de inseri-lo dentro do videogame para terminar o processo de autenticação. Se não havia disco, os jogadores deveriam logar-se na Xbox Live e se não tinham direito ao jogo, deveriam comprá-lo na Xbox Store.

Em torneios de jogos de luta, pausar as partidas equivale desistir dela, então vocês devem imaginar o quão irritados devem ter ficado os participantes no momento em que isso ocorreu. A Microsoft não se pronunciou sobre o ocorrido ainda, mas convenhamos que não dá pra afirmar que o console funciona 100% offline dessa forma, não é?

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies