Categorias: Games

Borderlands 3 terá Denuvo Anti-Tamper como sistema de segurança anti-pirataria

O mais novo título da franquia, Borderlands 3, será lançado com Denuvo Anti-Tamper DRM, um nome que ganhou muita popularidade com os novos lançamentos.

O anúncio foi feito na própria página do jogo na loja da Epic Games.

A proteção do software Denuvo pretende prevenir a distribuição não autorizada de jogos e tornou-se famosa nos últimos anos por frear a velocidade em que os jogos são crackeados.

Denuvo foi utilizado em South Park: The Fractured but Whole, Middle-earth: Shadow of Mordor, Total War: Warhammer 2 e FIFA 18, entre vários outros.

Claro, os internautas craquearam todos esses games horas depois do lançamento em alguns casos, como Devil May Cry 5, Metro Exodus, Resident Evil 2, Far Cry New Dawn, Football Manager 2019 e Soul Calibur 6, que foram craqueados dentro da primeira semana depois do lançamento deles.

Em 2018, a Denuvo Software Solutions processou um hacker búlgaro, que craqueou alguns dos jogos protegidos pela empresa. Mais tarde, o hacker que era conhecido como Voksi acabou preso.

Ao longo dos últimos anos, a Denuvo desenvolveu uma reputação que deixou a empresa desacreditada. O método de proteção dos arquivos do jogo requer que os usuários estejam conectados à internet. Mas pior que isso, ele afeta a performance do jogo.

Em 2017, Voksi disse que as medidas anti-pirataria de Assassin’s Creed: Origins estavam limitando os recursos das CPUs. Origins usou dois softwares de proteção, um era o Denuvo e outro se chama VMProtect, o que acarretou em até 30% do processador ser usado apenas para evitar que o jogo fosse pirateado.

Borderlands 3 tem data de lançamento prevista para o dia 13 de Setembro para Playstation 4, Xbox One e PC.

Este website utiliza cookies