Batman: Arkham Knight nunca suportará SLI ou Crossfire

Parece que a Warner não se cansa de jogar secreções variadas na face dos seus fãs.

Após melar mais de uma vez o lançamento do terceiro jogo da franquia Batman Arkham (O Origins não conta, ok? Nem a própria Warner conta esse jogo), a companhia anuncia que aquele seu PC monstrão com duas placas de vídeo não vai ter todo o poder aproveitado para dar aquela força na hora de rodar o jogo.

Em resposta a uma dúvida na comunidade da Steam, um desenvolvedor anunciou que o time de desenvolvimento e gráficos desistiu de buscar alguma forma de utilizar as tecnologias SLI e Crossfire, que permitem o funcionamento de mais de uma placa de vídeo para o processamento.

“Nós trabalhamos junto com o time de desenvolvimento e gráficos nos últimos meses para investigar a utilização de multi-GPU em Batman: Arkham Knight”, disse wb.elder.pliny.

“O resultado mostrou que mesmo nos melhores casos, a melhoria de performance foi relativamente pequena quando se considera o risco de trazer novos problemas para os jogadores. Dessa forma nós tomamos a difícil decisão de parar de trabalhar no suporte a multi-GPU.”

Finalizando, o cabra disse que a Warner Bros está “despontada” por não oferecer esse tipo de serviço e se desculpou com “aqueles que estavam esperando essa funcionalidade.”

“Desapontada”, Warner? Desapontados estão os milhares de consumidores que compraram esse jogo, esperando encontrar um gran finale pra uma das melhores séries que surgiram na geração passada e esbarrando em problemas técnicos de um jogo que não seriam aceitáveis nem numa versão Alfa.

E se por um lado eles estão oferendo refunds a torto e a direita, como um pedido de desculpas pelo preocupação nojenta com o port do jogo para PC, por outros eles relançaram o Arkham Knight ainda com uma porrada de problemas depois de tirar o jogo da Steam por meses.

E pra piorar, lançaram um bundle do jogo na Steam que tinha… só o jogo. E sabe por quê? Porque bundles não tem sistema de classificação dos usuários. Deixa eu explicar direitinho:

A Steam, como todo mundo sabe, oferece a chance dos usuários de darem uma reviewzada do jogo na página dele na Steam. O sistema faz um balanço de críticas positivas e negativas e mostra se as avaliações são percentualmente boas ou ruins. Com quase vinte mil avaliações, grande parte delas reclamando do desempenho porco do jogo, Batman: Arkham Knight tem uma “Reputação Neutra”, com cerca de 46% das avaliação dos jogadores não sendo positiva.

Um consenso comum é que jogos “neutros” são jogos ruins e não um jogos… Neutros. E para burlar esse sistema, a Warner fez a safadeza de criar um bundle de um jogo só. Como bundles constituem-se, geralmente, de vários jogos em um pacote só, a Steam não libera uma classificação de usuários. E com isso, não dá pra ver que o Batman: Arkham Knight tem mais de nove mil críticas negativas, o que potencialmente pode enganar um consumidor menos ligado nas notícias.

Se já é difícil aguentar uma postura de trabalho ruim, já que a Warner já sabia do estado do port do jogo antes de lançar, fica muito difícil não ficar extremamente incomodado com uma canalhice dessas.

 

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade