Teorias chocantes sobre a saga Harry Potter – Parte 1

Desde o fim da saga Harry Potter, muitas teorias têm sido criadas pelos fãs a respeito de histórias e personagens da série. Entre as não tão plausíveis assim e outras até confirmadas pela própria J. K. Rowling, selecionamos algumas teorias chocantes sobre a saga Harry Potter que provavelmente você não sabia. Confira a primeira parte delas!

Bichento pertencia aos pais de Harry

Um fã contou no site Quora uma interessante teoria sobre Bichento, o gato de Hermione. Segundo ele, alguns indícios levam a crer que antes de ser de Granger, o animal pertencia a ninguém menos do que Lilian e Tiago Potter!

A teoria do fã se sustenta porque, em Harry Potter e as Relíquias da Morte, Harry e Hermione encontram uma carta de Lilian onde a bruxa conta que os Potter possuíam um gato de estimação – e Harry até levanta a dúvida se o animal teria sobrevivido ao ataque de Voldemort.

É importante lembrar nesse ponto que antes de ser comprado por Hermione, Bichento já estava há muito tempo na loja de animais sem que alguém o quisesse. Além disso, o gato reconheceu Perebas e o cão preto peludo (Pedro Pettigrew e Sirius Black em suas formas como animagos) assim que os viu. Algo que seria natural caso ele fosse de Lilian e Tiago, já que os amigos sempre se encontravam com os Potter.

Os livros da série são, na verdade, horcruxes

Por mais doida que possa parecer, a teoria segue uma linha de raciocínio interessante: o número de itens em que Voldemort dividiu sua alma foram sete, o mesmo número de livros que temos na saga. Além disso, seguindo o que se sabe sobre as Horcruxes – que para a criação de qualquer uma delas é necessário matar alguém – há também sete mortes bastante importantes e dramáticas nos livros: Sirius, Dumbledore, Snape, Fred, Lupin, Tonks e Dobby.

Neville Longbottom também foi “o escolhido”

A profecia feita por Sibila Trelawney dizia que o responsável por vencer o Lorde das Trevas seria nascido dos que o desafiaram três vezes, nascido ao terminar o sétimo mês e que teria um poder que Voldemort desconhecia. Pois bem, não era apenas Harry que atendia a todos esses requisitos, mas também Neville Longbottom.

Assim como Potter, os pais de Neville tinham enfrentado Voldemort três vezes, o menino havia nascido em 30 de julho e Neville era simplesmente excelente em Herbologia. Além disso, ao longo da série, Longbottom se mostrou o personagem que mais evoluiu e amadureceu, e na Batalha do Castelo foi o responsável por empunhar a Espada de Godric Gfyffindor e matar Nagini.

Assim, apesar de Voldemort ter ido atrás de Harry e o resultado ter sido a história que conhecemos, resta a dúvida do quanto Neville não poderia também ter sido “o escolhido” da saga e, à sua maneira, protagonizado uma profecia similar.

Newt Scamander deu Aragogue para Hagrid

Em Harry Potter e a Câmara Secreta ficamos sabendo que Aragogue, a aranha gigante que vivia na Floresta Proibida, foi criada por Hagrid desde quando ele era aluno da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

A questão é que, na época, ainda como um ovo, a aranha foi entregue para Hagrid através de um viajante. E Newt Scamander – de Animais Fantásticos e Onde Habitam -, nesse mesmo período trabalhava viajando pelo mundo atrás de criaturas mágicas de várias espécies.

New poderia muito bem ter dado o ovo de Aragogue para Rúbeo, até porque, como nós sabemos, ambos os personagens poderiam ter seus caminhos cruzados, já que Scamander também foi aluno de Hogwarts.

Paulinha Alves

Sou jornalista e produzo conteúdo para plataformas impressas e digitais. Tenho blogs desde que me entendo por gente, e sou apaixonada por games e cultura pop.

Publicado por

Este website utiliza cookies