Categorias: Cinema e TV

Teorias chocantes sobre a saga Harry Potter – Parte 1

Desde o fim da saga Harry Potter, muitas teorias têm sido criadas pelos fãs a respeito de histórias e personagens da série. Entre as não tão plausíveis assim e outras até confirmadas pela própria J. K. Rowling, selecionamos algumas teorias chocantes sobre a saga Harry Potter que provavelmente você não sabia. Confira a primeira parte delas!

Bichento pertencia aos pais de Harry

Um fã contou no site Quora uma interessante teoria sobre Bichento, o gato de Hermione. Segundo ele, alguns indícios levam a crer que antes de ser de Granger, o animal pertencia a ninguém menos do que Lilian e Tiago Potter!

A teoria do fã se sustenta porque, em Harry Potter e as Relíquias da Morte, Harry e Hermione encontram uma carta de Lilian onde a bruxa conta que os Potter possuíam um gato de estimação – e Harry até levanta a dúvida se o animal teria sobrevivido ao ataque de Voldemort.

É importante lembrar nesse ponto que antes de ser comprado por Hermione, Bichento já estava há muito tempo na loja de animais sem que alguém o quisesse. Além disso, o gato reconheceu Perebas e o cão preto peludo (Pedro Pettigrew e Sirius Black em suas formas como animagos) assim que os viu. Algo que seria natural caso ele fosse de Lilian e Tiago, já que os amigos sempre se encontravam com os Potter.

Os livros da série são, na verdade, horcruxes

Por mais doida que possa parecer, a teoria segue uma linha de raciocínio interessante: o número de itens em que Voldemort dividiu sua alma foram sete, o mesmo número de livros que temos na saga. Além disso, seguindo o que se sabe sobre as Horcruxes – que para a criação de qualquer uma delas é necessário matar alguém – há também sete mortes bastante importantes e dramáticas nos livros: Sirius, Dumbledore, Snape, Fred, Lupin, Tonks e Dobby.

Neville Longbottom também foi “o escolhido”

A profecia feita por Sibila Trelawney dizia que o responsável por vencer o Lorde das Trevas seria nascido dos que o desafiaram três vezes, nascido ao terminar o sétimo mês e que teria um poder que Voldemort desconhecia. Pois bem, não era apenas Harry que atendia a todos esses requisitos, mas também Neville Longbottom.

Assim como Potter, os pais de Neville tinham enfrentado Voldemort três vezes, o menino havia nascido em 30 de julho e Neville era simplesmente excelente em Herbologia. Além disso, ao longo da série, Longbottom se mostrou o personagem que mais evoluiu e amadureceu, e na Batalha do Castelo foi o responsável por empunhar a Espada de Godric Gfyffindor e matar Nagini.

Assim, apesar de Voldemort ter ido atrás de Harry e o resultado ter sido a história que conhecemos, resta a dúvida do quanto Neville não poderia também ter sido “o escolhido” da saga e, à sua maneira, protagonizado uma profecia similar.

Newt Scamander deu Aragogue para Hagrid

Em Harry Potter e a Câmara Secreta ficamos sabendo que Aragogue, a aranha gigante que vivia na Floresta Proibida, foi criada por Hagrid desde quando ele era aluno da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

A questão é que, na época, ainda como um ovo, a aranha foi entregue para Hagrid através de um viajante. E Newt Scamander – de Animais Fantásticos e Onde Habitam -, nesse mesmo período trabalhava viajando pelo mundo atrás de criaturas mágicas de várias espécies.

New poderia muito bem ter dado o ovo de Aragogue para Rúbeo, até porque, como nós sabemos, ambos os personagens poderiam ter seus caminhos cruzados, já que Scamander também foi aluno de Hogwarts.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies