Sophie Turner discute com fã por causa da morte de personagem em Game of Thrones

Game of Thrones encerrou sua sétima temporada há mais de uma semana mas continua dando o que falar, e a última novidade da série foi a discussão que a atriz Sophie Turner teve com uma fã por causa da morte de um certo personagem em questão.

Atenção, discutimos spoilers da sétima temporada de Game of Thrones abaixo, você foi avisado.

Em mensagem enviada via Twitter, a usuária Hanna Loren disse que a morte do personagem Petyr Baelish, o Mindinho, havia sido puro fan service, afinal de contas, os Stark julgaram o personagem sem apresentar nenhum tipo de provas, apenas para dar cabo do personagem o mais rápido possível.

A fã inclusive defendeu Petyr Baelish dizendo que ele nunca havia machucado Sansa, e que ele não merecia o destino que ele teve, confira a sequência de Tweets abaixo:

“Ele queria justiça na sociedade pelas suas humilhações, eles o menosprezaram por causa de sua origem pobre. Ele nunca machucou Sansa.”

“Não… ele só vendeu ela para os Boltons, que mataram a família dela, que terminaram torturando ela, mas você tem certeza, ele não fez nada demais”.

“Lembrando, Petyr Baelish deu Winterfell de volta aos Starks, ele matou Joffrey, ele salvou Sansa e Jon, ele venceu a Batalha dos Bastardos”

“Porque a Sansa pediu a ele (e ele concordou porque ele amava ela) porque ele devia a ela, por vender ela aos Boltons, será que eu preciso dizer mais?”

No fim das contas, Mindinho realmente mereceu a morte que teve, afinal, se ele não tivesse feito Lysa Arryn envenenar Jon Arryn, os Stark nunca teriam ido para o sul e a Guerra dos Tronos talvez não tivesse começado, assim como todas as milhares de mortes que ela provocou.

Game of Thrones retorna ao canal por assinatura HBO em 2018 ou em 2019.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.