Segundo diretor de Coringa, sucesso do filme não tem ligação a Batman

Coringa foi um dos maiores sucessos de 2019 e um verdadeiro sopro de originalidade dentro do universo de super heróis, e isso talvez tenha encorajado o diretor do filme, Todd Phillips, a dar algumas declarações no mínimo polêmicas.

Em entrevista recente ao site Deadline, Phillips foi questionado sobre o sucesso do filme, e se ele achava que o filme foi tão bem por ser um filme de origem do grande nêmesis do Homem Morcego.

Curiosamente, Phillips discorda dessa afirmativa, confira o que ele disse:

“Eu acho que foi algo a mais do que isso. Quer dizer, alguns dos temas do filme realmente fazem o espectador se identificar com eles. Nós não acreditávamos que um filme para maiores de 17 anos iria fazer mais de um bilhão de dólares no mundo todo, mas acreditamos que muita gente se identificou com os temas do filme.

Quando eu e Scott Silver começamos a escrever o filme, a nossa ideia era algo que tratasse do que estava acontecendo no ano de 2016, quando começamos a escrever o roteiro do filme.

Nós queríamos usar o Coringa como peça central de um filme sobre a perda de compaixão e da falta de decoro no mundo”, concluiu.

E aí, você concorda com ele?

Coringa arrecadou mais de 1 bilhão de dólares em bilheteria no mundo todo. O filme é estrelado por Joaquin Phoenix e conta a história de Arthur Fleck, um comediante de stand-up fracassado que é levado à loucura e se envolve em uma vida de crime e caos em Gotham City.

Joker estreou no 76º Festival Internacional de Cinema de Veneza em 31 de agosto de 2019, quando recebeu o prêmio máximo do evento, o Leão de Ouro.

O filme foi lançado no Brasil e em Portugal em 3 de outubro de 2019 e nos Estados Unidos em 4 de outubro e teve reações dividias na crítica, mas aclamação geral pelo público.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por