Categorias: Cinema e TV

Joaquin Phoenix fala sobre como a preparação para interpretar Coringa o deixou com problemas psicológicos

Um dos pontos mais impressionantes da transformação de Joaquin Phoenix no Coringa sem dúvida foi a sua magreza extrema.

Para viver o personagem o ator precisou perder cerca 23 kg, e mesmo que esse processo tenha sido feito com um acompanhamento médico, aparentemente essa radical dieta o fez desenvolver alguns problemas psicológicos.

“Acontece que [a perda extrema de peso] afeta também o seu psicológico e você realmente começa a enlouquecer quando perde tanto peso nesse curto período”, afirmou Phoenix em entrevista para a People.

O ator ainda disse que essa rápida perda de peso o fez desenvolver um “distúrbio alimentar”, que o tornou obsessivo com comida, fazendo com que ele evitasse eventos sociais e outras interações, além de deixá-lo extremamente fadigado até para subir escadas.

Por razoes de segurança, Phoenix, não compartilhou detalhes sobre o método ou a dieta utilizada para o seu emagrecimento, mas podemos supor que esse processo durou cerca de 3 meses, já que ele aceitou o papel em julho de 2018 e as filmagens começaram em setembro do mesmo ano.

Segundo Charlotte Markey, professora de psicologia da Rutger’s University e especializada em distúrbios alimentares, a dieta de Phoenix não deve tentar ser reproduzida por ninguém.

“É problemático que alguém espera perder tanto peso tão rapidamente. Seria prejudicial fisicamente e psicologicamente” (via Insider).

Coringa estrou no dia 3 de outubro e você pode conferir a nossa crítica aqui.

Este website utiliza cookies