Categorias: Cinema e TV

Henry Cavill revela a maior dificuldade em filmar as cenas de luta para The Witcher

Na manhã desta sexta-feira (20) finalmente estrou na Netflix a aguardada série de The Witcher, franquia que começou com os livros de Andrzej Sapkowski e se tornou extremamente popular com os jogos da CD Projekt Red.

Mas além de saber como a Netflix adaptou esse rico universo, uma das maiores curiosidades dos fãs é em saber como ficou a interpretação de Henry Cavill do nosso querido Geralt de Rívia, já que o ator esteve bastante dedicado ao papel, não utilizando nem mesmo dublês.

Agora, em uma coletiva de imprensa da APAC, Cavill falou quais foram as principais dificuldades em gravar as cenas de ação e luta da série (ComicBook).

“Foi diferente por causa do atletismo no estilo de luta de Geralt”, afirmou Cavill. “[Geralt] tem muitas piruetas e movimentos explosivos, e o terreno era bem irregular. Você não está lutando em uma academia, mas em uma ladeira com pedras ou está chovendo. Portanto, você precisa garantir que tudo esteja protegido e utilizar os músculos corretos: quadris, joelhos, cotovelos, ombros.”

Mas essa não era a sua única dificuldade, já que Cavill também afirma que empunhar a espada sem acabar ferindo acidentalmente alguns dos seus colegas de set também era igualmente difícil.

“A coisa mais complicada sobre lutar no set com uma espada pesada é que você não está golpeando para matar alguém. Então, para a espada é realmente a parte mais complicada.”

A série de The Wichet é descrita como “um conto épico de destino e família. Geralt de Rivia, um solitário caçador de monstros, tenta encontrar um lugar para ele num mundo onde as pessoas às vezes são mais terríveis que os monstros que ele enfrenta. Mas quando o destino joga uma poderosa feiticeira em direção a ele e uma jovem princesa com um perigoso segredo, os três devem navegar em um cada vez mais volátil continente juntos”.

The Witcher já está disponível exclusivamente na Netflix.

Este website utiliza cookies