Categorias: Cinema e TV

Game of Thrones – Daenerys pode ser o que você quiser, mas ela não é louca (opinião)

O penúltimo episódio de Game of Thrones foi sem dúvida um dos que mais deixou o fandom da série dividido. A principal reclamação se focou nas apressadas soluções de roteiro, que acabaram abusando de diversas conveniências para o andar da história e de várias decisões questionáveis para os personagens.

Talvez o maior exemplo disso seja Daenerys Targaryen, que mesmo após ter derrotado praticamente todo o exército Lannister e com Porto Real completamente rendida, escolheu queimar a cidade inteira, não se importando nem um pouco com as vidas inocentes. Imediatamente após o fim do episódio esse era o assunto mais comentado no Twitter, com alguns fãs indignados com a decisão de transformá-la na Rainha Louca e outros apontando que já haviam várias pistas que indicavam a sua possível loucura.

Bem, antes de qualquer coisa, vamos buscar a definição exata de “Loucura”. O Dicionário Michaelis define Loucura como: “1 – Doença mental caracterizada pela alienação total do indivíduo em relação aos fatos que lhe são pertinentes; 2 – Ato, estado ou dito que revela falta de senso ou de juízo; maluquice, piração.”

Na própria obra de George R. R. Martin nos temos um exemplo muito claro de loucura, o rei Aerys II, também conhecido como O Rei Louco, que é o pai de Daenerys e o avó de Jon Snow. Assim como é comum do sangue Targaryen, Aerys já possuía uma propensão para a loucura, mas o começo do seu reinado foi de bastante prosperidade e paz. No entanto, tudo mudou depois de um evento conhecido como o Desafio de Valdocaso, em que o Lorde Denys Darklyn contestou os altos impostos pagos pela sua família à coroa, e conseguiu capturar o rei.

Tywin Lannister cercou a cidade, mas Denys ameaçou que qualquer movimento das tropas ele mataria Aerys. Toda essa situação durou aproximadamente seis meses, até que Sor Barristan Selmy da Guarda Real conseguiu se infiltrar na cidade de Valdocaso e libertar o rei sem muitos problemas.

Depois desse longo período em cativeiro a loucura de Aerys foi ficando cada vez mais evidente, com ele começando a ter alucinações, se recusando a deixar a Fortaleza Vermelha e criando uma verdadeira paranoia, achando que todos ao seu redor eram seus possíveis inimigos. O rei desenvolveu uma fascinação específica por fogovivo e ordenou aos seus piromantes que criassem uma grande reserva desse material inflamável para basicamente explodir a cidade caso Robert a invadisse.

Voltando para Daenerys, a nossa Mãe dos Dragões não apresentou em nenhum momento da série esses aspectos, mesmo tendo passado por momentos bem difíceis. Indo para o começo do penúltimo episódio, vemos que Tyrion vai contar para a Rainha que existe um traidor, mas quando chega lá Daenerys afirma que já sabe que Jon Snow a traiu. Tyrion indaga que na verdade foi o Varys, mas Daenerys responde perfeitamente quem vazou a informação sobre a verdadeira origem de Jon Snow.

Jon contou para Sansa, Sansa para o Tyrion, o Tyrion para o Varys e o Varys foi o responsável por começar a espalhar o segrego. Veja bem, ela não estava imaginando inimigos ou traições, ela sabia exatamente o que tinha acontecido e quem tinha feito o que. Além disso, Daenerys sabia sobre o plano de Varys de a envenenar, tal que ela se recusa a comer qualquer coisa, demonstrando que estava completamente no controle da situação.

Avançando para o ponto mais polêmico de queimar a cidade, em uma primeira olhada pode ficar a impressão de que ela tomou a decisão de colocar fogo no parquinho de última hora, como um ato impulsivo após ouvir os sinos. Mas em uma análise mais profunda é possível perceber que tudo isso já estava premeditado.

Quando Tyrion tenta convencer pela última vez a Daenerys não colocar fogo na cidade, ele diz que quando os sinos tocarem, Porto Real se renderá e ela finalmente conseguirá a sua vitória sem precisar tirar vidas inocentes. No entanto, neste mesmo momento Daenerys virá para o Verme Cinzento e diz “Você vai saber quando for hora”. Bem, a hora foi justamente quando Daenerys começou a colocar fogo em tudo, ou seja, ela já havia combinado com o Verme Cinzento o que aconteceria.

Sobre o seu momento de hesitação, ele realmente existiu, no entanto, é mais provável que ela estivesse refletindo se dessa vez teria misericórdia ou se seguiria com o seu plano de Fogo e Sangue.

Mas agora você deve estar afirmando, “mas olhe só que ato de tamanha crueldade, ela queimou a cidade completamente rendida, inclusive os inocentes”. Você está completamente certo, o que Daenerys fez foi abominável e terrível, mas ainda não podemos definir como loucura.

Voltando um pouco para os livros, durante a Rebelião do Robert, houve o um grande evento chamado o Saque de Porto Real, em que Jaime Lannister matou o rei Aerys e Tywin liderou o exército Lannister em um grande saque na cidade rendida, que resultou na morte de milhares de inocentes, inclusive do resto da família real.

Parecido com o que vimos penúltimo episódio, né? Mas nem por isso Tywin é chamado de louco, na verdade muitos o acham um dos personagens mais inteligentes desse universo. Então, se mesmo com essa crueldade não discutimos se Tywin era louco, por que Daenerys seria?

Gosta do nosso site? Siga-nos nas redes sociais!
João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes e sempre atrasado com as séries. O segundo Blizzardboy do Critical Hits.

Posts Recentes

Este é o motivo pelo qual Kurama era tão mais forte que as outras Bijuus em Naruto Shippuden

Hagoromo Otsutsuki, ao selar Kaguya Otsutsuki em sua forma Besta de Dez Caudas, separou o imenso chakra em Nove Bestas…

13 minutos atrás

Este é o motivo pelo qual Goku e Vegeta não usaram as Sementes dos Deuses para ficarem mais fortes em Dragon Ball Super

Em Dragon Ball, os Saiyajins tem um poder específico de ficar muito mais fortes e poderosos após se recuperar de…

1 hora atrás

Capítulo 2 de Fortnite traz novas maneiras de subir o nível do Passe de Batalha

A atualização que traz o Capítulo 2 de Fortnite ao game já está disponível para PC, PS4, Xbox One, Nintendo…

1 hora atrás

Entenda o motivo pelo qual Might Guy é representado como sendo tão “bobo” em Naruto Shippuden

Dentre todos os personagens da franquia Naruto, Might Guy sem dúvida é um dos mais caricatos, tendo uma personalidade extremamente…

2 horas atrás

League of Legends receberá versão mobile, Card Game, FPS, Jogo de Luta e série animada

A Riot Games realizou na noite desta terça-feira (15) um evento especial em comemoração aos 10 anos League of Legends,…

10 horas atrás

Fã de Dragon Ball Super faz homenagem à Mr. Satan e Videl em um cosplay não intencional

Ao longo dos anos, a franquia Dragon Ball foi capaz de reunir dezenas ou até mesmo centenas de milhões de…

11 horas atrás

Este website utiliza cookies