Categorias: Cinema e TV

Este foi um dos episódios mais importantes de Game of Thrones que muitos fãs acabam se esquecendo

Sendo uma das séries mais aclamadas de todos os tempos e se tornando um verdadeiro fenômeno da cultura pop, Game o Thrones possui diversos episódios icônicos e momentos inesquecíveis, como o nascimento dos três dragões, o Casamento Vermelho e a ressurreição de Jon Snow. No entanto, para chegarmos nesses momentos tão marcantes, também tivemos outros episódios igualmente excelentes de construção de personagens, e hoje iremos falar de um dos mais importantes deles, que muitas vezes acaba sendo esquecido.

Kissed By Fire” é o quinto da 3ª temporada da série, sendo dirigido por Alex Graves e roteirizado por Bryan Cogman, o mesmo escritor responsável por “A Knight of the Seven Kingdoms”, que muito consideram como o melhor episódio da última temporada.

Logo de cara, “Kissed By Fire” já traz um dos elementos mais marcantes de Game of Thrones, que é a sua capacidade de abordar diferentes núcleos. Somente nesse episódio tivemos cenas em Pedra do Dragão, Terras Fluviais, Correrrio, Harrenhal, Além da Muralha e Porto Real.

Começando por Harrenhal, esse é o núcleo de Jaime e Brienne, onde aconteceu a famosa cena da banheira, em que Jaime finalmente fala a verdade sobre o que o motivou a matar o Rei Louco, que estava planejando explodir Porto Real junto com o seu próprio povo. Além de estabelecer de forma ainda mais forte o relacionamento dos dois, essa cena também é o início de todo arco de redenção de Jaime que vemos ao longo da história.

Indo para Além da Muralha, também temos outra famosa cena, dessa vez entre Jon e Ygritte na caverna. Além de quebrar os seus votos da Patrulha da Noite, esse momento é extremamente importante para estabelecer definitivamente Jon como um aliado dos Selvagens, que na última cena da série ainda está junto com eles.

Partindo para as Terras Fluviais, o grande momento de ação desse episódio foi o duelo de Beric Dondarrion contra Sandor Clegane. Também é estabelecido aqui o conceito de ressurreição pelo Senhor da Luz, quando Thoros de Myr traz Beric de volta a vida após ele ser morto por Clegane. Essa mesma ressurreição seria utilizada posteriormente por Melisandre em Jon Snow.

Em Correrrio, também tivemos uma das decisões que influenciariam fortemente na grande traição do Casamento Vermelho, com Robb Stark confrontando o Lorde Rickard Karstark por ter matado Martyn e Willem Lannister. Robb então decide executar Rickard, o que provoca o abandono das forças Karstark do exército do Norte.

Além de tudo isso, em Pedra do Dragão temos mais do desenvolvimento de Stannis com Shireen, na Baía dos Escravos temos a escolha do Verme Cinzento como líder dos Imaculados, e Porto Real vemos Tywin traçando o seu plano de casar Tyrion com Sansa e Cersei com Loras.

O mais impressionante desse episódio é que ele se encaixa perfeitamente na formula que tanto amamos de Game of Thrones, com um pesado desenvolvimento de personagens, tramas políticas se desenvolvendo em diferentes núcleos e uma pitada de ação.

Este website utiliza cookies