Categorias: Cinema e TV

Daenerys sempre foi a maior vilã junto com Cersei em Game of Thrones, e podemos provar

Game of Thrones dividiu audiências com o capítulo exibido na semana passada, e se você acha que o personagem de Daenerys Targaryen foi “forçado à loucura” nos momentos finais da história, hoje temos um post especialmente feito para você.

Antes de começar o post, vale ressaltar que estamos falando sobre spoilers de Game of Thrones. Você foi avisado!

Daenerys Targaryen começa sua história em Game of Thrones como uma inocente garota vendida pelo irmão, Vyserys Targaryen, a uma horda de selvagens em troca de 20 mil homens para reconquistar um trono que ele dizia ser seu por direito.

Mas direito por que mesmo? Porque a família dele havia conquistado esse trono há cerca de 300 anos na base do ferro e do fogo, e por nenhum outro motivo que fosse esse, ou seja, exatamente como diversos lordes de Westeros afirmaram durante a história, os Targaryen sempre foram estrangeiros.

É verdade que eles se misturaram em parte com a aristocracia de Westeros para consolidar o poder, mas o ramo principal da família sempre casou entre si para manter o sangue dela puro e assim poder comunicar-se com os Dragões, principal arma destes conquistadores.

Pois bem, como podemos ver, a primeira grande motivação de Daenerys é uma grande mentira que o irmão mais velho (perturbado, diga-se de passagem) enfiou na cabeça dela desde que ela era criança. Daenerys se convenceu de que o irmão era um louco e não podia ser levado a sério conforme ela amadureceu, mas convenientemente, essa parte foi completamente ignorada por ela, e ela assumiu esse direito divino como algo realmente imutável. O trono é dela e pronto, um claro sinal de megalomania.

Ainda que o trono de Westeros realmente fosse “por direito” da família dela, esse direito deixou de existir completamente após o pai dela, Aerys Targaryen, enlouquecer completamente e começar a queimar seus súditos com fogo vivo. Em nenhum momento da história Daenerys realmente admite que o pai dela não merecia ocupar o trono que ocupou e que foi melhor para o reino que ele fosse tirado de lá. Usando uma expressão da modernidade, ela “passa um pano gigante” pro pai dela, afinal, como uma vez disseram para ela na série “quem são as ovelhas para interferirem no assunto dos dragões”?

Para Daenerys fica bem claro com essa atitude dela em relação ao pai que o resto do mundo é composto de ovelhas, e que ela, como o último dragão vivo, é a única pessoa que pode julgar e jamais ser julgada, até que Jon Snow revelou ser na verdade sobrinho dela.

Com uma pretensão melhor ao reino, Jon é uma série ameaça à ambição de Daenerys, e conforme ela foi se dando conta de que o trono estava ficando cada vez mais longe dela, mesmo Jon dizendo que não quer ser Rei e sim ficar ao lado dela, e essa visão, na frente dela, de que o trono não seria dela no fim das contas começou a deixá-la cada vez mais instável.

Aqui, vale ressaltar que não é que Daenerys não fosse louca anteriormente, mas sim que tudo havia dado certo para ela antes dela botar os pés dentro de Westeros. Se você parar para lembrar, Daenerys foi o personagem com menos reveses dentro do campo de batalha e de política em Game of Thrones. Ela conquistou um exército que ela não tinha dinheiro para pagar apenas na base da malandragem, ela queimou vivos os adversários quando Khal Jhaqo capturou ela, ela e os dragões atropelaram todos os adversários que pararam diante dela.

E nesse meio tempo, mesmo com tudo dando certo para ela, ela crucificou inimigos, fez churrasco de outros em execuções sumárias e até mesmo matou pessoas inocentes. Tudo em nome do direito sagrado dela conquistar o Trono de Ferro e cada vez mais se convencendo de que esse era o destino dela. Todo mundo conhece alguém assim, que cada vez mais se convence de que é predestinado a algo grande e essa pessoa cada vez mais vai fazendo coisas injustificáveis e justificando elas por causa disso.

É claro que com tudo dando certo, a confiança de que o trono seria dela foi aumentando cada vez mais, e tudo começou a ruir conforme a expedição dela em Westeros começou a dar cada vez mais errado, para depois dar certo e tudo parecer que foi por nada quando o homem que ela ama é, na verdade, uma pessoa com uma pretensão melhor ao trono e ainda por cima amado pelos súditos, algo que ela não era.

O lado vilã de Daenerys acabou culminando de vez no episódio 5 desta oitava temporada, primeiro com ela executando Varys com fogo de dragão apenas para calar Jon Snow (e ele claramente percebeu nesse momento que ele estar vivo é apenas um capricho de Daenerys) e depois acabando com Porto Real quando o exército adversário já havia se entregado. Ela não precisava fazer aquilo com os súditos dela, mas ela fez porquê, afinal de contas, ela decidiu que se o povo não vai amá-la, ele vai temê-la, como todo bom vilão de televisão e exatamente com o pai dela, o Rei Louco.

Mas por que só agora ela realmente perdeu completamente a cabeça? Ficou forçado? Eu acredito que não e explico o motivo: você já viu alguém lutar muito por algo e esse algo começar a escorrer pelos dedos? É realmente desesperador, nos faz perder a cabeça, pensar nesse problema 24 horas por dia e nos leva a tomar atitudes que, se esse plano estivesse correndo como o esperado, nós não tomaríamos. É uma reação totalmente natural e humana.

“Ah, mas Daenerys também fez coisas boas, como libertar escravos”, sim, é verdade, ela também tem um lado benevolente, mas todo ditador e psicopata que este no poder também teve um lado assim, ninguém é 100% bom ou 100% mau nesse mundo, ainda que o atual momento de polarização da nossa sociedade nos leve a pensar dessa forma.

Enfim, estes são os nossos argumentos para afirmar com 100% de certeza de que Daenerys sempre foi uma das vilãs de Game of Thrones. Você concorda ou discorda dele? Deixe seus comentários!

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Disqus Comments Loading...

Posts Recentes

Mahershala Ali viverá o Blade no MCU

Fechando com chave de ouro a sua apresentação na San Diego Comic-Con, a Marvel anunciou que o premiado ator Mahershala…

1 minuto atrás

Natalie Portman interpretará a versão feminina do Thor no novo filme do herói

Uma das grandes surpresas feitas pela Marvel durante a sua apresentação na San Diego Comic-Con  2019 foi sem dúvida a…

26 minutos atrás

Marvel confirma oficialmente sequência de Doutor Estranho

Dando continuidade aos seus anúncios no Hall H da San Diego Comic-Con 2019, a Marvel finalmente confirmou que Doutor Estranho…

53 minutos atrás

Marvel anuncia data de Os Eternos e promete 10 projetos para a Fase 4

Na noite deste sábado (20), a Marvel subiu ao palco da San Diego Comic-Con 2019 para finalmente revelar os primeiros…

1 hora atrás

Aprenda a melhor forma de se conseguir Wumpa Coins em Crash Team Racing: Nitro Fueled

Crash Team Racing: Nitro Fueled foi lançado recentemente e trouxe inúmeras novidades a um dos jogos mais amados da geração…

1 hora atrás

Afinal, quem é o ninja mais rápido em fazer selos e jutsus em Naruto Shippuden?

No mundo de Naruto, existem dois jeitos de ativar jutsus - as habilidades especiais ninjas - com e sem sinais…

3 horas atrás

Este website utiliza cookies