Os 5 maiores fails da história da Square

Alou alou meus caros leitores e queridos gamers ligados no Critical Hits. Após muito trabalho e kilometros percorridos em todos os dias que participamos da BGS 2013 estamos de volta com novos e fresquinhos artigos, e voltamos para falar daquela gloriosa empresa responsável por sucessos como Chrono Trigger e Final Fantasy. Porém, apesar de gloriosa, essa grande empresa junta uma série de incontáveis falhas de execução no mercado.

Não preciso nem falar a tamanha decepção que fãs pelo mundo todo tiveram com algumas decisões que a empresa tomou durante sua vida, tanto como Squaresoft, tanto quanto como Square Enix, e nós juntamos para vocês o que achamos que foram os 5 maiores fails da história da empresa.

Boa leitura!

 

5. The Bouncer

De muitas formas este beat ’em up foi o começo do fim da Squaresoft. Após decidir que os JRPG’s não seriam mais sua zona de conforto, este título foi o primeiro que mostrou outra cara da Square… e não deu muito certo. O gameplay do jogo era um tanto quanto repetitivo e genérico, não havia identidade alguma que se pudesse afirmar “esse jogo é legal e tem estilo”.

Grandes empresas claro, devem se arriscar um pouco fora de seu estilo favorito a fim de aumentar o horizonte de suas vendas, porém não existe como deixar de lado o fato de que o expertise da Square eram os grandes RPG’s e um lançamento em um estilo tão diferente quanto o que eles estavam acostumados a fazer poderia muito de fato dar errado. Basta imaginar se um dia você acessasse o Critical Hits e se deparar com a notícia de que a Blizzard está produzindo um “beat ’em up” para PS4… seria de torcer o bico, não?

4. Final Fantasy Mistic Quest

Muitos jogadores ocidentais tem o devido respeito pela Square como criadora e até percursora do mundo dos RPG’s para vídeo game, porém isso não significa que a Square tenha esse respeito por vocês.

Voltando aos velhos e bons dias do SNES, a Square provavelmente pensava que jogadores ocidentais eram estúpidos demais para apreciar um bom RPG, e por isso eles decidiram fazer Final Fantasy Mistic Quest, um jogo para iniciantes do estilo. O jogo não apresentava um grande desafio para os jogadores, e com o tempo a galera começou a compreender a real motivação da empresa ter feito este título, e claro, os apreciadores mais hardcores do estilo ficaram imensamente ofendidos.

Apesar de ser ainda um grande clássico cult do gênero, Final Fantasy V – o jogo que nunca viu o lado ocidental do mundo – poderia ter sido uma aposta muito maior para os fãs do gênero deste lado do mundo.

3. O primeiro lançamento de Final Fantasy XIV

Eu realmente não tenho tanto para falar muito desse título, afinal eu estou juntado fails da empresa, e realmente não há muito o que falar do que é considerado como um dos piores Multiplayer RPG’s de todos os tempos. A nota desse jogo no Metacritic já fala por si só, afinal esse título da série Final Fantasy tirou 49/100, a pior nota do jogo da série.

O jogo foi tão mal recebido que ele foi tirado do ar, e então relançado, e ainda assim não funcionava direito! Jogadores de Final Fantasy: A Realm Reborn ainda enfrentam problemas de conexão, ou seja, o fail foi tão ruim, que ele aconteceu duas vezes!

2. Não continuar a série Chrono Trigger

Sério, o que diabos se passou na cabeça da Square em não continuar esta série? Chrono Trigger é considerado um dos melhores JRPG’s de todos os tempos. Ele possui uma sequência intítulada Chrono Cross que foi um pouco menos bem recebia que seu antecessor, mas ainda assim considerado um fantástico jogo com uma das melhores trilhas sonoras de todos os tempos.

Agora, vocês se lembram o quão grandioso foi o terceiro título da série? Claro que não, pois nunca houve um terceiro lançamento. Não importa o quanto os fãs da série perguntem, a Square-Enix se nega a comentar sobre uma sequência do título, mostrando o tamanho respeito que a empresa tem pelos seus fãs.

A Square-Enix apesar de ser grande, de longe é a maior empresa do mundo dos games, e vamos ver até onde eles irão agindo como um astro de Hollywood que cospe nos fãs e se nega a dar autógrafos…

1. Final Fantasy: The Spirits Within

Tenho certeza que você, meu caro gamer e leitor, tinha certeza que se depararia com esse primeiro lugar, afinal ele é obvio. A Square criou a Square Pictures para fazer esse filme, e imediatamente ela praticamente faliu após o lançamento deste horroroso filme que leva o nome da maior série da empresa, afinal, esse filme tem tudo, menos alguma relação com Final Fantasy.

Eu juro que talvez (eu disse TALVEZ) se esse filme fosse lançado com um título completamente diferente, sem relação alguma com a serie, talvez tivesse faturado mais do que arrecadou, afinal, a bilheteria do filme mal cobriu um terço do que foi usado para produzir este filme.

No final das contas, não da pra imaginar o que teria sido da empresa se eles não tivessem cometido este grande erro. Talvez a empresa tivesse se dado melhor no futuro, talvez não.

E assim, meus caros leitores e gamers, encerramos essa triste lista sobre essa outrora grandiosa companhia, mas independente desses fails ou não, a Square-Enix continua aí expandindo seus horizontes, apostando em novos estilos e gêneros, e continuam enchendo os fãs de títulos da série Final Fantasy. Podemos esperar mais grandes títulos (eu espero ansiosamente um novo Tomb Raider), e talvez mais alguns fails também.

Tem a sua opinião sobre isso tudo? Então não perca tempo e comente aí abaixo o que acha de todos esses fails, e também mais alguns que tem na sua mente.

Não deixe de seguir a mim e o Critical Hits no Twitter, assim como curtir nossa página no Facebook e se manter informado sobre tudo que rola no mundo dos games.

Até a próxima!

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade