Os 5 jogos mais viciantes da história

Fala, galera, tudo bom com vocês? O post de hoje é bem polêmico: jogos viciantes. Quem nunca ficou preso por horas e horas num jogo que atire a primeira pedra. Mas e quando um jogo desses consegue fazer isso com uma legião de pessoas por quantidades insanas de dias? Pois então, é aí que temos um jogo viciante de verdade e é sobre isso que essa lista trata.

5. Call of Duty

Call of Duty é uma das séries mais jogadas há uns bons anos já, desde que Modern Warfare 1 deu as caras. O jogo conquistou tanta gente que hoje em dia é como se fosse um “Fifa” da vida, ganhando edições anuais quase iguais às anteriores (ok, brincadeira, não me xinguem) e que ainda assim vendem feito pãozinho quente recém saído do forno. Não tem como fazer muito melhor do que isso.

4. Tetris

O jogo preferido de todo mundo que já teve um daqueles minigames de 15 reais que só vende na praia não pode ficar de fora dessa lista. Tetris é aquele tipo de jogo que a gente não dá muita bola, até começar a jogar, jogar mais uma, mais outra e perceber que você está há mais de hora tentando passar do nível 35 de velocidade.

Eu lembro que uma vez um celular meu fritou por causa de um Tetris. Coitado do meu Sony Ericsson W200, era um dos Dumbphones mais legais que eu já tive.

3. Angry Birds

Mais de um bilhão de downloads certamente querem dizer uma coisa: esse jogo é extremamente viciante. Tá certo que eu já enchi o saco de jogar Angry Birds há algum tempo, mas posso garantir que boa parte do vício que a bateria do meu iPod Touch tem atualmente é culpa das diversas partidas de Angry Birds que eu joguei esperando entre uma aula e outra da faculdade, ou durante elas mesmo, afinal de contas, tem certas aulas que não dá pra aguentar.

2. World of Warcraft

World of Warcraft é há muito conhecido como um dos maiores sugadores de vida da história. Eu felizmente nunca entrei no vício, que dizem ser pior do que crack, mas tenho amigos da época que eu fazia Ciência da Computação que perigaram perder diversas matérias na faculdade por causa de “mais um level up”.

1. Paciência

Paciência é um dos jogos mais viciantes de todos os tempos e, antes que você queira atirar um tijolo na minha cara, pare e pense um pouco nisso: você certamente deve ter algum parente como pai, mãe, irmão, tia etc que joga esse maldito jogo há pelo menos uns 10 anos, certo? Arrisco mais ainda, você tem alguém na família (caso não seja você) que joga isso desde que você tem um computador em casa, né?

Pois então, não existe jogo mais viciante do que paciência e eu não faço ideia do porque. Eu lembro que a gente já teve um K6-3 450MHz aqui em casa por alguns anos e o monitor dele (que era de CRT ainda) chegou a ficar com as cartas do jogo queimadas no vidro de tanto que os meus pais jogavam aquilo. Eram horas e horas de diversão tentando ir do ás até o rei.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade