4 jogos incrivelmente difíceis e frustrantes do NES – Parte 2

Sim amigos, estamos de volta, porque o Critical não para nem com a copa. Como vocês se engajaram tanto nos comentários do último artigo dessa série, decidimos fazer mais uma parte dela, dessa vez incluindo algumas das sugestões que apareceram nos comentários.

O link pra primeira parte está lá no final do post, então se vocês não leram ainda CORRÃO lá e leiam antes. Ou depois. Na real tanto faz. Mas leiam, coloquem comida na minha mesa. Vamos lá?

Ninja Gaiden

Mais ou menos como os outros jogos que mencionamos, Ninja Gaiden conta com uma cacetada de inimigos indo ferozmente na sua direção, porém aqui tem mais uma pedra no caminho: seus oponentes têm a incrível capacidade de sempre acertar seu personagem quando ele está nas proximidades de um buraco. Isso sempre faz com que o seu ninja vá sem defesas em direção à morte, caindo no buraco.

Ah, e ser derrotado por qualquer um dos três chefões finais no final da 6ª fase faz com que você tenha que começar tudo do início.

Battletoads

Outro título mencionado por nossos leitores, Battletoads é um exemplo de sadismo por parte dos desenvolvedores. Controles difíceis, milhares de elementos mortais indo na sua direção e um sistema de checkpoint que não perdoa nada, o jogo mostra como enlouquecer jogadores.

O jogo também conta com levels onde você precisa atravessar com um jet ski voador uma pista nada amigável, onde os obstáculos aparecem numa velocidade absurda e qualquer vacilo significa game over.

Mega Man

O primeiro título da excelente franquia foi também um dos mais implacáveis. Tá certo que a série em si já tem a fama de ter jogos difíceis e complicados, mas aqui que a coisa ficou complicada mesmo. O título te joga no universo de Keiji Inafune e te deixa meio sem pai nem mãe, afinal seu progresso não pode ser salvo. Acha que o jogo vai te dar senha pra poder continuar no nível que parou? Não meu filho, não aqui. Quer recuperar tua vida? Boa sorte encontrando os potinhos espalhados pelo mapa.

Contra

O famoso Konami Code ficou de fato famoso com esse jogo. Sabe por que? Originalmente, Contra te dá míseras 3 vidas ao longo do jogo que, se acabarem, te colocam no início de tudo. Para ajudar, o jogo atira inimigo pra tudo que é lado e bem rápido. E melhor ainda, os 1ups são incrivelmente raros de serem encontrados.

O que o Konami Code faz? Te dá 30 vidas, e não 3. Assim, fica só “bem difícil” de virar Contra, ao invés de “basicamente impossível”.

Chegamos ao final do artigo de hoje. Coloquei os mais mencionados pelos leitores nos comentários do último. Ainda acha que tá faltando coisa? Dá o grito aí em baixo que a gente te escuta!

Parte 1

Leonardo Koakowski

Sonysta, Sommelier de Destiny e Cyber Atleta de final de semana de Rocket League

Publicado por