Anime

Spy x Family consegue redefinir o conceito de paternidade nos animes

O anime de Spy x Family vem sendo o mais comentado da temporada, e não é pra menos, a dinâmica da Anya com Loid redefiniu a paternidade dos animes como nós a conhecíamos até agora.

Anya e Loid – Reprodução: Spy x Family

Spy x Family consegue redefinir o conceito de paternidade nos animes

A paternidade tem uma história complicada nos animes. A maioria dos pais em animes não tem a oportunidade de viver uma vida feliz e doméstica com seus filhos. Por uma razão ou outra, muitas vezes são separadas de seus filhos e não têm a chance de criá-los. Os pais em animes também podem ser negligentes e abandonar suas famílias para que possam seguir suas próprias aventuras, ou às vezes morrerão tristemente antes de terem a chance de realmente criar seus filhos. Outras vezes, eles são forçados a deixar suas famílias para protegê-los ou melhor sustentá-los.

Seria uma tarefa difícil encontrar um personagem de anime que tenha um relacionamento saudável e sem problemas com o pai. Quase todos os protagonistas dos animes mais populares têm algum tipo de relacionamento complicado com seus pais. O pai de Naruto morreu protegendo-o no mesmo dia em que ele nasceu.

Quando Naruto cresceu e começou sua própria família, ele raramente teve a oportunidade de passar tempo com eles por causa de seu trabalho como Hokage. O pai de Luffy nunca fez parte de sua vida. O pai de Midoriya trabalha no exterior e nunca é visto na série. O pai de Goku, Bardock, foi morto quando Goku era apenas um bebê. Os pais raramente são uma parte ativa e atenta da vida de um personagem de anime.

Anya e Loid – Reprodução: Spy x Family

Spy x Family desafia essa paternidade complicada em todos os episódios. Twilight adota Anya para ajudá-lo a completar uma missão, mas rapidamente aprende a se importar com ela como um pai de verdade. Quando Anya se torna um risco para a missão de Twilight, ele não a abandona. Em vez disso, ele decide se tornar mais protetor e atencioso. A relação pai-filha entre Twilight e Anya é o foco principal da história.

Twilight leva seu papel como pai de Anya a sério, ele não faz isso apenas pelo sucesso da missão, mas também pelo benefício de Anya. Spy x Family faz um esforço para mostrar Twilight realmente criando Anya e se desenvolvendo ao lado dela. No primeiro episódio, ele compra livros sobre pais gentis. Twilight considera os sentimentos e a perspectiva de Anya ao ser pai, e isso é algo bastante único no anime.

Pais de anime que decidem ficar por perto geralmente têm o mau hábito de serem autoritários, ees planejam todo o futuro de seu filho sem nunca considerar o que seu filho quer. Em casos extremos, eles forçam seu filho por esse caminho com tanta força que se torna uma forma de abuso. Em My Hero Academia, Endeavor abusava fisicamente e mentalmente de seus filhos para que eles se tornassem melhores heróis, e Spy x Family chega para quebrar completamente esse paradigma da paternidade nos animes.

Anya e Loid – Reprodução: Spy x Family

Confira também:

O anime de Spy x Family pode ser conferido por completo na Crunchyroll

Publicado por
Tags: spy x family

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade