Relatórios mostram o quanto a pirataria afeta o mercado de mangás no Japão

O mercado de animes e mangás é extremamente forte em todo o mundo e principalmente no Japão, porém este mercado está enfrentando um problema: a pirataria de mangás.

Não é nenhum segredo que os mangás têm ficado cada vez mais populares em todo o planeta, com One Piece, Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba e My Hero Academia sendo os títulos mais populares da atualidade porém, quanto mais popular, também maior a pirataria e esse número tem crescido cada vez mais com o passar do tempo.

De acordo com um relatório compartilhado por @OnTakahashi no Twitter, o número de mercado de mangás digitais teve um excelente crescimento em 2019, com incríveis 29,5%, já o mercado de mangá impresso teve um crescimento tão pequeno que é praticamente imperceptível.

De acordo com ele, o mercado de mangás impressos cresceu apenas 0,2% no ano passado, um número incrivelmente baixo mesmo com o salto de popularidade no Ocidente e tudo isso por causa da pirataria.

No caso dos mangás online, o crescimento de quase 30% se deu por conta do fechamento de vários sites clandestinos como o Manga Mura, por exemplo, resultando até mesmo na prisão dos responsáveis pelo mesmo.

Com esses números assustadores, as empresas japonesas estão fazendo de tudo para reduzir ao máximo a pirataria, mesmo que esse seja um longo e árduo trabalho e se você quiser apoiar a causa, leia os mangás pelos meios oficiais de quem os publicam e comprem a versão física pois, se o mercado japonês ficar em alta, consequentemente o mercado do Ocidente também é beneficiado.

Willian Oliveira

Will, Bill, Willian, o nosso querido colaborador é conhecido de várias formas dentro do site. Bill escreve principalmente notícias de games e é um Sonysta declarado, mas nosso Sonysta oficial continua sendo o Leo, apesar de o Bill ser o mini-Leo, salvo pela falta de massa encefálica.

Publicado por

Este website utiliza cookies