Categorias: Anime

Por que Sasuke não despertou o Rinnegan ao receber as células de Hashirama em Naruto?

Uchiha Madara é conhecido por alguns dos feitos mais impressionantes mostrados em Naruto Shippuden. Um deles inclusive, é o deter despertado o lendário Rinnegan, que por ser extremamente raro, exige uma série de pré-requisitos para ser obtido.

Madara consegui obte-lo por meio de um método bem curioso: ele injetou as células de Hashirama em seu corpo, e com isso seus olhos evoluíram do Sharingan par ao Rinnegan, conhecido também como o olho do Sábio dos Seis Caminhos. Mais por que isso aconteceu?

Isso só foi possível porque Madara era a reencarnação de Indra e Hashirama a reencarnação de Ashura. Dessa forma, quando Madara incorporou as células de Hashirama, o chakra yin yang reagiu e fez com que o Rinnegan fosse despertado.

Mas sendo assim, por que então o mesmo não aconteceu com Sasuke quando ele também recebeu as células de Hashirama?

A resposta é muito mais simples do que parece. Apesar de muitos afirmarem que este é um furo de roteiro cometido por Kishimoto, acontece que no momento em que Kabuto transfere as células de Hashirama para Sasuke, Hashirama já não é mais a reencarnação de Ashura, já que naquele momento quem fazia este papel era ninguém menos do que Naruto. Portanto, utilizar a mesma técnica que Madara não causou o mesmo efeito em Sasuke.

Confira também:

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies