Anime

Por que a vila da Areia tinha apenas uma Cauda comparada com outras Vilas em Naruto?

A formação das Vilas Ninjas Ocultas e a “paz” entre elas surgiu com o domínio e a distribuição das Bestas com Cauda que Hashirama capturou, com o objetivo de balancear o poder entre elas e forçar um estado de tranquilidade entre as nações. Mas o “número de caudas” distribuídos é um pouco esquista para a Vila da Areia, que ficou apenas com Shukaku, o Uma Cauda.

A Vila da Folha e a Vila da Cachoeira também ficaram com apenas uma Besta com Cauda, mas eram duas poderosas bijuu — Nove e Sete Caudas, respectivamente. Já a Vila da Nuvem ficou com duas bijuu, assim como a Vila da Pedra e a Vila da Névoa.

Por que, então, a Areia se contentou apenas com Shukaku, teoricamente a menos poderosa das Bestas com Cauda?

São dois grandes motivos. O primeiro é que Shukaku tem uma vantagem elemental, por estar em um deserto e ser basicamente feito de areia. Nenhuma outra Besta com Cauda parece ter esse tipo de conexão com sua Vila Oculta/País.

A outra razão é que, diferente das outras Bestas, Shukaku foi capturado pelas forças da Vila da Areia e não por Hashirama. Dessa forma, no conselho formado para a distribuição das Bestas com Cauda, o Primeiro Kazekage não pediu uma outra Besta com Cauda, ele pediu dinheiro e  uma parte de terra fértil de Konoha uma vez que ele vivia literalmente no deserto.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

 

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade