Categorias: Anime

Nova história do universo de Naruto Shippuden revela que Sasuke tem uma velocidade incrível

Quando se trata de velocidade, a franquia Naruto está recheada de ninjas extremamente velozes, mas recentemente descobrimos que Sasuke adquiriu uma nova habilidade capaz de romper a barreira do som.

Um pouco depois da finalização da série principal de Naruto, foram lançadas uma série de light novels chamadas Naruto Shinden, que servem como um complemento da história, mostrando alguns eventos que ocorreram entre o final de Naruto e o começo de Boruto.

Um desses romances, ilustrado pelo Masashi Kishimoto é o Sasuke Shinden: Livro da Alvorada, que é inteiramente focado na peregrinação de Sasuke em busca de redenção pelos seus crimes e em entender os objetivos de Kaguya.

Graças a tradução do conhecido usuário Organic Dinosaur, descobrimos que uma das passagens do livros descreve a capacidade de Sasuke em arremesar kunais na velocidade do som (via ComicBook).

De acordo com a descrição, Sasuke utiliza a sua Liberação de Relâmpago para criar linhas paralelas de eletricidade a partir da palma da sua mão. Essas linhas são estendidas e usadas como guia para aumentar drasticamente a velocidade de uma kunai especial.

“Com o som de ‘fwoo’, Sasuke jogou levemente a kunai. Então, no momento em que os lados esquerdo e direito da kunai tocaram as duas correntes elétricas alinhas… BOOM!”

“A kunai foi acelerada com uma força tremenda: as árvores da floresta estavam sendo derrubadas, e a superfície da rocha estava completamente esmagada. A aceleração até superou a velocidade do som. O poder estava em outro patamar, mesmo jogando com uma mão desprotegida.”

Para termos de comparação, a velocidade do som é de 343 metros por segundos, ou 1224 Km/h. Se usarmos como base o nosso mundo, pouquíssimos caças consegue ultrapassar a velocidade do som, que é chamada de Mach 1. As aeronaves que conseguem essa proeza geralmente não o fazem próximos de cidades ou áreas habitadas, pois a som produzido é tão violento que pode causar dano ao ouvido humano e quebrar superfícies de vidro.

Este website utiliza cookies