My Hero Academia realmente precisa matar All Might para Izuku crescer?

Não é de hoje que My Hero Academia sugere a morte de All Might. Desde antes da sua batalha contra o All For One, que esgotou completamente os seus poderes, os fãs já especulam que eventualmente o nosso eterno Símbolo da Paz acabará morrendo para que Midoriya finalmente alcance o seu ápice.

No entanto, em termos narrativos, a morte de All Might é realmente necessária para a obra de Kohei Horikoshi?

Embora esse seja um recurso comum em grande parte das obras do gênero Shonen, ele geralmente é utilizado quando o objetivo é transferir o protagonismo para uma nova geração. Pegando Dragon Ball Z como exemplo, embora Goku tenha sido ressuscitado, o tempo em que ele ficou morto após a batalha contra Cell permitiu que Gohan ganhasse bem mais destaque, com muitos fãs até acreditando que a história poderia seguir normalmente com o filho de Goku.

Mas a grande questão é que desde o começo de My Hero Academia, a história deixa bem claro que essa é a jornada do nosso jovem Deku para se tornar o herói número 1 do mundo, e em nenhum momento All Might “roubou” o seu protagonismo. Na verdade, mesmo ainda estando vivo, Toshinori Yogi já passou o bastão para Midoriya e atualmente assumiu uma função diferente na história.

Não tendo mais condições de ser o herói que sempre chegava no momento certo para resolver a situação, All Might se mantém como uma grande inspiração para os jovens heróis, além de ser um dos principais mentores tanto de Midoriya como de todos os alunos da U.A.

Assim, a sua morte realmente teria um peso narrativo enorme que representaria um grande ponto de virada na história, mas ao mesmo tempo a narrativa estaria repetindo algo que já aconteceu com o próprio All Might, que viu Nana Shimura, a antiga portadora do One for All e sua mentora, morrer pelas mãos de All For One.

Imaginando uma evolução nesse cenário, talvez o ápice de Midoriya seja alcançado próximo da morte de All Might, quando ele utilizaria 100% do seu poder para salvar aquele que sempre foi a sua principal inspiração.

Escrito por Kohei Horikoshi, o mangá de My Hero Academia começou a sua publicação 2014 na Shonen Jump, onde rapidamente se tornou um dos maiores sucessos da revista. A sua adaptação em anime alcançou uma popularidade ainda maior, estando atualmente na sua quarta temporada e já tendo dois filmes lançados.

A história acompanha a jornada de Izuku Midoriya, um jovem garoto que sonha em se tornar o super-herói número 1 do mundo, assim como o seu maior ídolo, All Might.

O anime pode ser assistido na íntegra no Crunchyroll, em japonês com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.