Categorias: Anime

Masashi Kishimoto revela o motivo da ressurreição de Madara ter sido tão complicada em Naruto Shippuden

Madara Uchiha é definitivamente o maior vilão de todo Naruto, e foi um dos maiores desafios que os heróis da obra precisaram enfrentar. O vilão foi revivido durante a Quarta Grande Guerra Ninja, e quase venceu a Aliança Shinobi sozinho.

No post de hoje, trouxemos um trecho de uma entrevista com Masashi Kishimoto em que ele explica como foi complicado introduzir a ressurreição de Madara na história de Naruto.

Durante uma entrevista com Kobayashi, Kishimoto foi perguntado  sobre Madara e seu envolvimento em retornar à história como um vilão. O autor respondeu que foi complicado decidir entre reviver Madara com o Rinne Tensei ou com o Edo Tensei.

O Rinne Tensei é dos jutsus exclusivos do Rinnegan, e foi usado por Nagato para reviver todos aqueles que haviam sido mortos durante a Invasão de Pain à Vila da Folha. Já o Edo Tensei é um jutsu que revive um único indivíduo ao usar o corpo de outra pessoa como sacrifício.

Kishimoto explicou que esperava que a aparência de Madara fosse o suficiente para que os fãs pudessem distinguir entre os jutsus usados para revivê-lo, porém muitos fãs ficaram confusos com isto, o que acabou dando uma grande dor de cabeça para o autor.

Madara foi primeiramente revivido com o Edo Tensei e mais pra frente revivido novamente com o Rinne Tensei, com sua aparência mudando de acordo com a ressurreição. Se tivesse a oportunidade, Kishimoto provavelmente só teria revivido Madara uma vez, para que os leitores não ficassem confusos a respeito disto.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies