Masashi Kishimoto fez uma revelação surpreendente sobre os Clones das Sombras em Naruto

Apresentada logo no começo da história de Naruto, a técnica dos Clones das Sombras acabou se tornando uma das habilidades de assinatura do nosso querido Uzumaki, sendo utilizada em praticamente todos os seus combates e tendo diversas variações.

No entanto, algo que poucos fãs sabem é que Masashi Kishimoto, o criador de Naruto, se arrependeu um pouco da forma como ele introduziu os Clones das Sombras, principalmente pela quantidade de clones que Naruto conseguiu fazer logo na primeira vez que utilizou a técnica.

A informação foi compartilha em uma entrevista feita por Tsuneo Kobayashi com Kishimoto na época do lançamento do filme The Last, em que o entrevistador questiona se Kishimoto realmente “cavou a própria cova” ao desenhar todos aqueles clones de Naruto desde o início.

“Sim, exatamente isso. Naruto ficou muito forte rapidamente, não ficou? Quando ele se aperfeiçoou, seu número de clones também foi aumentando. Eu só pensei, ‘Eu realmente consegui agora!”, afirmou Kishimoto (via KirinNOTKarin98).

Uma curiosidade sobre esse Jutsu é que a versão utilizada por Naruto no primeiro capítulo do mangá é na verdade uma variação mais forte da técnica criada por Tobirama, conhecida como Técnica dos Múltiplos Clones da Sombra, em que o usuário cria centenas de clones dividindo em quantidades iguais o seu chakra, e por isso é considerado um Kinjutsu. No entanto, ao longo da franquia, parece que Naruto não sabia diferenciar muito bem as duas técnicas, e geralmente chama todas apenas de Kage Bunshin no Jutsu.

Embora o anime e mangá original de Naruto já tenham sido finalizados, a obra de Masashi Kishimoto continua em Boruto: Naruto Next Generations, que acompanha o desenvolvimento de uma nova geração de ninjas que trilhará o seu próprio caminho e enfrentará novos desafios. O mangá da série é lançado mensalmente, enquanto a sua adaptação em anime recebe novos episódios toda semana.

Os animes de Boruto e Naruto podem ser assistidos na íntegra através da Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Confira também:

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.