Isto é o que teria acontecido se Kuririn tivesse matado Vegeta em Dragon Ball Z?

O primeiro e clássico arco de Dragon Ball Z se tratou da revelação de que Goku era um extra-terrestre parte de uma raça guerreira que estaria invadindo a Terra em pouco tempo.

Vegeta e Nappa tocaram o terror até a chegada de Goku no campo de batalha, que foi crucial para a derrota de ambos os vilões. Nappa morreu nas mãos de Vegeta por ter sido derrotado por Goku e Vegeta fugiu após ter seu rabo arrancado e ter sido esmagado pelo corpo do Ooozaru de Gohan.

Mas antes de escapar, Kuririn, armado com a espada de Yajirobe, teve a chance de liquidar com o vilão. Em dos momentos mais icônicos e absolutamente estúpidos de Goku, o herói impediu que Kuririn fosse útil uma vez na vida e deixou que Vegeta fugisse.

Vegeta eventualmente fez uma aliança de emergência com os guerreiros Z em Namek, voltou a Terra, se tornou rival de Goku, se relacionou com Bulma, etc.

Mas o que aconteceria se Kuririn tivesse mesmo matado o Príncipe dos Saiyajins? O que teria mudado no resto da história? Teria Goku acertado em sua decisão de manter o ex-vilão vivo?

Infelizmente, por mais idiota que isso seja, sem Vegeta, todos morreriam. E rápido.

Foi Vegeta que deu uma chance para Kuririn, Gohan e Bulma continuarem vivos no planeta, uma vez que ele lidou com a maior parte dos subordinados de FreezaCui, Zarbon, Dodoria, etc – e ao contrário de Vegeta, esses vilões não teriam poupado os terráqueos.

O Goku que chega em Namek, embora poderoso, não chegaria aos pés de Freeza. Ele derrotaria todas as forças de Freeza com facilidade, mas lembrem-se que ele recebeu um aumento de força incrível devido ter sobrevivido aos ferimentos do confronto contra o Capitão Ginyu.

Mesmo com o Kaioken, Goku não chegaria perto de enfrentar a terceria forma de Freeza e não teria poder o suficiente para se tornar um Super Saiyajin.

Freeza continuaria sua expansão galática sem esbarrar na Terra por muito, muito tempo. O que daria tempo para a invasão dos Androides acontecer sem nenhuma resistência, além do surgimento de Cell.

A influência destrutiva de Cell seria o suficiente para que eventualmente ele encontrasse Freeza e o destruísse, continuando sua rampante destruição até encontrar Broly – e ser absolutamente demolido – ou Beerus – e ser literalmente desintegrado.

Se a destruição do império de Freeza e do genocídio e Cell fosse o suficiente para diminuir a quantidade de vida no Universo, Zeno iria eventualmente destruir essa versão e literalmente todo mundo seria apagado da existência.

Ainda bem que Vegeta foi poupado.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade