Anime

Ex-animador de Bleach dá péssima notícia para os fãs do anime

Juntamente com Naruto Shippuden e One Piece, Bleach fazia parte do trio de mais sucesso da Shonen Jump e seu anime também foi um grande sucesso, mas como nem tudo que é bom dura para sempre, o anime encontrou um triste fim bem no meio de sua serialização.

O mangá teve seu fim como deveria ser, após contar toda a história criada por Tite Kubo e com um final decente, porém o anime não teve o mesmo destino e ele foi interrompido pela metade e os fãs nunca mais tiveram nenhuma notícia a respeito do retorno do anime ou do porquê dele ter sido encerrado, e um ex-animador responsável pela adaptação veio a público falar que talvez o anime pode nunca mais ver a luz do dia.

O ex-animador em questão é Masashi Kudo, que foi responsável por adaptar vários personagens da obra para o anime e ao ser perguntado no Twitter se o anime faria seu retorno algum dia, ele apenas respondeu “eu não sei”.

De tempos em tempos os fãs de Bleach ressurgem para perguntar a respeito do anime que nunca foi terminado e a resposta é sempre a mesma, de que o anime talvez nunca mais volte a ser apresentado após o Estúdio Pierrot ter encerrado o projeto.

Será que Bleach ainda verá a luz do dia mesmo que precise ser adaptado por outro estúdio? Sinceramente, eu não tenho boas expectativas quanto à isso…

Bleach é um mangá e anime criado por Tite Kubo, tendo sido publicado entre 2001 e 2016, encerrando sua história em 366 capítulos.

No mundo de Bleach, conhecemos as aventuras de Ichigo Kurosaki, um jovem que ganha poderes de Ceifador de Almas após salvar Rukia Kuchiki.

Com os seus novos poderes, Ichigo é forçado a assumir o dever de guiar almas boas ao mundo pós-vida à Soul Society, e derrotar os Hollows (monstros espirituais malignos) que tentam devorá-las.

O anime pode ser conferido na íntegra no Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade