Este é o motivo pelo qual o Super Saiyajin 4 nunca vai aparecer em Dragon Ball Super

Dragon Ball Super segue mudando a história canônica de Dragon Ball, e quem ainda esperava por um dia ver a transformação Super Saiyajin 4 de Dragon Ball GT pelo visto vai ter que tirar o cavalinho da chuva de vez.

Num dos capítulos recentes do mangá de Dragon Ball Super, Goku e Toppo se enfrentaram, e o personagem decidiu que iria mostrar todas as suas transformações para que os dois Zenos ficassem contentes.

Com isso, ele mostrou as transformações de Super Saiyajin 1, 2, 3, Super Saiyajin Deus e Super Saiyajin Blue, nessa ordem, que seria a ordem crescente de poder, efetivamente matando a possibilidade de que o Super Saiyajin 4 seja mais forte do que o Deus ou o Blue, e também provando de uma vez por todas que o Blue é a forma mais forte que ele possui, incluindo a forma Deus (alguns fãs ainda insistem que a SSG é mais forte do que a SSB).

Ainda é possível que Akira Toriyama reaproveite o design da transformação Super Saiyajin 4 em Dragon Ball Super, afinal de contas, o visual selvagem dela é muito mais Saiyajin e agressivo do que em qualquer uma das outras formas, mas mesmo que ele use, dificilmente ele iria continuar com o nome Super Saiyajin 4, afinal de contas, essa seria a transformação de número 6.

Confira também

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade