InícioAnimeEsta é a surpreendente conexão entre JoJo's Bizarre Adventure e Street Fighter

Esta é a surpreendente conexão entre JoJo’s Bizarre Adventure e Street Fighter

oJo’s Bizarre Adventure é um fenômeno cultural no Japão há décadas. A influência de Araki é sentida em vários animes, mangás e jogos no Japão e, recentemente, no Ocidente. Um desses é Street Fighter, a aclamada série de jogos de luta da CAPCOM. JoJo’s Bizarre Adventure serviu de inspiração para vários personagens do elenco de Street Fighter, já que os desenvolvedores da CAPCOM são grandes fãs da série.

PUBLICIDADE

A influência de JoJo’s em Street Fighter é conhecida por muitos fãs de ambas as séries. No entanto, a relação entre Araki e a CAPCOM vai mais fundo do que a maioria pensa. Vamos explorar todas as conexões entre essas duas franquias gigantescas.

Os World Warriors e os Joestars

Esta é a surpreendente conexão entre JoJo's Bizarre Adventure e Street Fighter

PUBLICIDADE

Street Fighter 2 essencialmente inventou o gênero de jogos de luta. Já havia jogos com lutas e artes marciais antes, incluindo Street Fighter 1, mas a segunda entrada estabeleceu a fórmula que conhecemos agora. Personagens como Chun-Li, Guile, Dhalsim e Zangief são agora ícones dos games. Surpreendentemente, alguns desses personagens foram criados da forma que são graças ao amor da CAPCOM por JoJo’s Bizarre Adventure.

O penteado e o tema militar de Guile são suas características mais reconhecíveis. O penteado único de Guile foi inspirado por dois personagens de JoJo’s Bizarre Adventure. Nos primeiros designs, Guile tinha um penteado vertical, mas modesto, inspirado em Jean-Pierre Polnareff de Stardust Crusaders. No entanto, durante o desenvolvimento, o topo do cabelo foi estendido para os lados, dando a ele o cabelo de Rudol Von Stroheim, de Battle Tendency. O nome de Guile foi derivado de J. Geil, rival de Polnareff na primeira metade da Parte 3. O icônico Sonic Boom de Guile foi inspirado pelo Divine Sandstorm de Wamuu, um poderoso sopro de vento expelido dos braços do usuário.

Dhalsim é conhecido por sua capacidade de esticar seus membros, e sua jogabilidade é totalmente baseada nisso. Essa habilidade foi inspirada pelo Zoom Punch usado por Will Zeppeli e Jonathan Joestar em Phantom Blood.

Em Street Fighter Alpha, um jogo prequel, alguns personagens favoritos dos fãs fazem sua estreia, como Charlie Nash e Rose. Nash é o melhor amigo de Guile e, assim como o penteado de Guile foi inspirado por Polnareff, o de Nash foi inspirado por Noriaki Kakyoin, companheiro de Polnareff. A influência de Rose, no entanto, foi muito mais pesada que a de Nash. Todo o personagem de Rose foi inspirado por Lisa Lisa, de Battle Tendency. Rose é uma vidente italiana que usa seu cachecol mágico para lutar. A influência de Lisa Lisa é muito mais óbvia nesse caso, até mesmo o cenário de Rose, especialmente em Street Fighter V, é uma referência direta à estreia de Lisa Lisa em Veneza.

Levando Adiante com um Ícone

Esta é a surpreendente conexão entre JoJo's Bizarre Adventure e Street Fighter

Com o lançamento de Street Fighter 4, a CAPCOM revitalizou o gênero de jogos de luta, salvando-o da morte e gerando uma nova era para o gênero que está ficando cada vez mais forte. Street Fighter 4 fez muitas coisas certas, algumas nem tanto, mas talvez uma de suas maiores contribuições tenha sido a criação de um personagem que se tornaria um dos mais populares de toda a série: Juri Han.

PUBLICIDADE

Juri é uma mestra sádica de taekwondo que sempre segue sua própria agenda e se deleita com a dor de seus inimigos. Juri é conhecida por seu tema de aranha e seu penteado. Cabelos pretos e roxos repartidos dos lados do rosto e moldados como chifres na parte de trás da cabeça. Para os fãs de JoJo’s, isso pode parecer familiar, mas o design visual de Juri foi diretamente inspirado por Jolyne Kujo, a protagonista de Stone Ocean. Jolyne é uma das personagens femininas mais famosas do Shōnen, tornando o fato de ela ter inspirado uma das personagens femininas mais famosas dos jogos de luta ainda mais poético.

Street Fighter 4 também estreou um novo vilão principal, Seth. Seth é um androide que deveria ser um corpo substituto para M. Bison. No entanto, sua conexão com JoJo’s viria de seu redesenho em Street Fighter V. Seth teve uma grande reformulação em seu conjunto de movimentos, mais notavelmente um novo bombardeio de socos que é uma referência direta a JoJo’s. Seth adota uma pose muito semelhante à de DIO Brando enquanto lança golpes em um ângulo curvado e grita “Ora, Ora, Ora!”, o grito característico do Stand de Jotaro Kujo.

O Melhor Jogo de JoJo’s Foi Feito pela CAPCOM

Esta é a surpreendente conexão entre JoJo's Bizarre Adventure e Street Fighter

PUBLICIDADE

Nos anos 90, a CAPCOM foi encarregada de fazer uma adaptação em jogo de luta de JoJo’s Bizarre Adventure: Stardust Crusaders. A CAPCOM empregou muitos dos membros da equipe que trabalharam em Darkstalkers para trabalhar nesse jogo, resultando em animações cheias de carisma que refletem adequadamente o apelo grandioso de JoJo’s. JoJo’s Bizarre Adventure: Heritage for the Future é amplamente conhecido como o melhor jogo da série, superando até mesmo All-Star Battle, também amado por muitos.

Heritage for the Future também apresenta Midler como uma personagem jogável. Os fãs de JoJo’s sabem que essa personagem não apareceu no mangá original. Midler lutou contra os Crusaders usando seu Stand, High Priestess, mas quando ela é derrotada, não é mostrada ao leitor. A CAPCOM queria ter outra lutadora feminina além de Mariah, então pediram a Hirohiko Araki para desenhar completamente Midler para que ela pudesse ser jogável no jogo. Desde então, a aparência de Midler nesse jogo é amplamente considerada como seu design canônico.

As conexões da CAPCOM com JoJo’s Bizarre Adventure são extremamente importantes, pois foram essenciais para o sucesso tanto de Street Fighter quanto de JoJo’s em alguns aspectos. Alguns dos personagens mais famosos de Street Fighter foram inspirados por JoJo’s, enquanto o melhor jogo de JoJo’s foi feito pela CAPCOM. Não existe um sem o outro.

PUBLICIDADE

Jojo’s Bizarre Adventure é um mangá japonês escrito e ilustrado por Hirohiko Araki. O mangá foi publicado pela Shueisha em sua revista Weekly Shōnen Jump entre 1987 e 2004, e a partir de 2004 pela revista seinen Ultra Jump.

O mangá conta a história da família Joestar e suas lutas contra forças sobrenaturais. Ele é divido em 8 partes (com uma 9ª parte já confirmada) e em cada uma há o mais recente primogênito dos Joestar, por via de regra apelidado de JoJo, fadado a seguir as tradições de sua família, “cumprindo com o seu destino” ao participar ativamente em combate a tal presença mística e derivados que assombram a sua família há séculos.

Você pode assistir ao anime que adapta o mangá de Jojo’s Bizarre Adventure na Crunchyroll (até a parte 5) ou na Netflix (até a parte 6, mas sem a parte 5).

PUBLICIDADE
Valteci Junior
Valteci Juniorhttp://criticalhits.com.br
Me chamo Valteci Junior, sou formado em Jogos Digitais e escrevo sobre jogos e animes desde 2020. Desde pequeno sou apaixonado por jogos, tendo uma grande paixão por Hack and slash, Souls-Like e mais recentemente comecei a amar jogos de turno. Acompanho anime desde criancinha e é um sonho realizado trabalhar com duas das maiores paixões da minha vida.