Esta é a prova de que o Modo Bárion de Naruto não faz nenhum sentido

O último capítulo do mangá de Boruto trouxe a transformação mais poderosa de Naruto e Kurama: o Modo Bárion. E apesar de incrivelmente maneira e poderosa (capaz de dar uma canseira no Isshiki), ela não faz muito sentido… Né?

Passando a empolgação inicial dos fãs, algumas perguntas começaram a surgir.

A primeira dúvida é sobre como ela funciona: como os chakra “fundidos” criam um chakra mais poderoso? Eles já não estavam fazendo isso nas transformações anteriores ao misturarem o chakra?

O nome da transformação, bárion, faz alusão as partículas subatômicas que compõem a maior parte da matéria visível do universo, os prótons e nêutrons.

Mas como diabos a Raposa de Nove Caudas ia saber sobre fusão nuclear ou partículas subatômicas? O Universo de Naruto mal tem tecnologia para comunicação via rádio!

Por fim, como esse novo chakra dessa transformação acelerou o decaimento de Isshiki, que passou a ter poucos minutos de vida ao invés de poucos dias?

Tudo parece muito complicado e mal explicado… Mas só se você não prestar atenção. Todas essas perguntas tem explicações dentro da série.

O mais importante de tudo é que essa transformação não tem o mesmo funcionamento de uma fusão nuclear. Chakra é energia e não é composto de partículas, então a comparação não é literal.

Kurama tentou utilizar esse exemplo como analogia de como a técnica funciona realmente: Naruto e Kurama fundem o chakra de maneira muito veloz e intensa, criando um chakra mais poderoso e energético, mas que se consume de maneira muito veloz, também.

E da mesma forma que o nosso Sol vai “morrer” quando acabar o combustível para a fusão nuclear, Naruto e Kurama morrerão quando o chakra deles acabarem.

Esse conceito, da morte na falta de chakra, foi explicado no começo da série e vimos acontecendo, por exemplo, com Kakashi durante a invasão de Pain.

Muitos podem, entretanto, achar esquisito que a Raposa de Nove Caudas tenha tanto conhecimento sobre física. Mas apesar de viverem em um mundo relativamente primitivo tecnologicamente, as pessoas de Naruto parecem saber sobre a física básica do universo.

Em um flashback de Shippuden, vemos que o Terceiro Hokage explica para um jovem Naruto que todas as estrelas no céu noturno são como o Sol. E que o Universo é incompreensivelmente gigantesco.

Os Otsutsuki são literalmente seres extradimensionais, podendo viajar entre planetas e galáxias.

Sendo que Kurama é parte do chakra de Kaguya Otsutuki e foi criado pelo Sábio dos Seis Caminhos, não é tão improvável assim que ele soubesse um pouco disso tudo.

Por fim, os efeitos de drenagem de vida de Isshiki também foram explicados claramente durante o capítulo.

Em outro conceito já explicado antes na série, o chakra é uma força que conecta todas as pessoas. E os Otsutsuki são notoriamente sensíveis à essas conexões, sendo os progenitores iniciais do chakra.

Então, esse efeito de encurtar a vida do usuário do Modo Barion afeta Isshiki Otsutsuki. E, não custa nada lembrar, esse efeito só é tão poderoso porque o próprio Isshiki está em uma forma longe da perfeita e já tinha apenas alguns dias de vida de qualquer forma.

Essa conexão de chakra entre as pessoas é, inclusive, o que permitiu que Isshiki fosse capaz de teleportar Kawaki para o campo de batalha.

E você, também achou o Modo Bárion forçado e sem sentido?

Boruto: Naruto Next Generations é a sequência direta de Naruto Shippuden, tanto no anime quanto no mangá.

Nesta nova história, acompanhamos Boruto, filho de Naruto. Juntamente com seus colegas de Time 7, eles vivem novas aventuras e interagem com antigos e novos personagens da franquia.

Apesar do anime ainda estar contando a história de Boruto jovem, ele conta com alguns bons arcos, trazendo Naruto e Sasuke de volta, e histórias onde o jovem é o grande protagonista.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll e ganha novos capítulos toda semana.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade