Episódio mais recente de One Punch Man revela o motivo de Saitama ainda não ser um herói completo

Depois de um pequeno atraso, no início desta semana nos finalmente tivemos a liberação do episódio 9 da segunda temporada de One Puncha Man, intitulado “The Ultimate Dilemma“, que trouxe uma grande quebra de expectativa para os fãs e se focou em um das características mais interessantes da obra original.

Dando continuidade ao enorme cliffhanger deixado no episódio anterior, finalmente tivemos a luta de Saitama contra Bakuzan e Gouketsu, mas diferente do que muitos imaginavam não foi um momento tão épico, já que mais uma vez o nosso querido herói careca acabou derrotando os dois monstros com apenas um soco.

No entanto, a partir destas duas vitoriais “fáceis”, o anime começou a abordar um lado um pouco mais profundo da personalidade de Saitama, já que ele constantemente se sente frustrado por ter se tornado tão forte e acabar não tendo nenhum desafio.

Ao saber que a cidade está sendo invadida por monstros e que diversos heróis Classe S estavam lutando, Saitama parte para tentar ajudar, mas acaba não encontrando nem herói e nem monstros nas ruas, o que faz o seu tédio aumentar ainda mais. No entanto, enquanto caminhava ele acaba esbarrando com King, que o pergunta o motivo dele estar tão desanimado.

Saitama então diz: “Eu me tornei forte demais. Eu não sinto nada, não importa com quem eu lute. Eu não ganho nada com isso. Não há nada que eu posso aprender com mais ninguém… Se você não pode mais crescer, também significa que você não pode mais gostar de crescer. Não importa quantos monstros eu derrote, no fundo, estou entediado. Nunca pensei que ser um herói seria tão solitário”.

Inicialmente, King tenta dar algumas sugestões para Saitama se divertir como tirar férias ou até fazer aulas de dança. Mas ao ver que nada disso iria realmente ajudar, King acaba surpreendendo Saitama ao explicar que mesmo sendo tão forte ele ainda não é um herói completo.

“Acho que você se enganou em se tornar forte como sendo chegar ao seu destino. Eu não acho que o caminho de um herói termine assim tão facilmente. Buscar a satisfação em lutas é fundamentalmente errado. Ser corajoso e agir para o bem dos outros deve ser o que realmente dá significado a um herói. Nesse aspecto, você ainda não é um herói completo, Saitama. O que significa que ainda falta muito para você na busca de seus mais altos ideais. Isso também significa dizer que você não ter mais espaço para crescer é superficial e arrogante, não acha?”

A fala de King realmente pegou Saitama de surpresa, pois o mostrou que mesmo sendo tão poderoso, um herói não é definido apenas pela sua força, mas sim pela sua capacidade de salvar os mais fracos e de inspirar a humanidade. Saitama até pode ter chegado no máximo da sua força, mas sem dúvida ele ainda tem muito que crescer em outros aspectos.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.