Categorias: Anime

Episódio desta semana de Boruto confirma uma teoria famosa sobre os ninjas da nova geração

O episódio desta semana de Boruto: Naruto Next Generations trouxe o início do arco que está adaptando a light novel “Konoha Shinden: Pergaminhos Ninjas das Fontes Termais”, que mostra uma viagem de Kakashi e Guy pelo País das Fontes Termais, sendo acompanhados por Mirai Sarutobi, a filha de Kurenai e Asuma.

O objetivo deles é não chamar muita atenção como ninjas de Konoha, por isso estão vestindo roupas normais e obviamente não estão usando nenhum dos seus poderes. No entanto, ao chegar em um pequena cidade, um ladrão acaba roubando a carteira de Kakashi, e Mirai rapidamente corre atrás dele.

Para capturar os infratores Mirai utiliza o Aprisionamento da Árvore Assassina, um genjutsu bem conhecido da sua mãe.

Após entregar os ladrões para a polícia, a garota volta e reclama com os dois, dizendo que mesmo sendo a sua função proteger a dupla, eles tinham que ficar mais atentos e que Kakashi deveria ter pelo menos dado uma lição no ladrão.

Neste momento, Kakashi mostra que a situação nunca esteve fora de controle. Primeiro que para manter o disfarce ela não deveria o chamar de Sexto Hokage ou ter usado um genjutsu no meio da cidade. Em segundo lugar, a bolsa roubada pelo ladrão era uma carteira extra que continha apenas uma mensagem escrita, “Que pena! Não vamos fazer maldades, está bem?”.

Ele complementa dizendo que embora agir de forma direta seja bom, existem outras formas de resolver as situações que não envolvam violência.

Esse pequeno momento mostra como os ninjas da antiga geração parecem bem mais sábios que os da nova. Mesmo Merai sendo de nível chunin, ela parece ter bastante coisa para aprender, que não necessariamente estão relacionados as suas habilidades de luta, mas também em como resolver e prevenir determinadas situações de maneira mais eficiente.

O anime de Boruto: Naruto Next Generations é exibido no Brasil pela Crunchyroll.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies