Anime

Entenda por que Mashasi Kishimoto precisou nerfar Madara em Naruto Shippuden

Talvez o melhor aspecto da Quarta Grande Guerra Ninja seja a aparição de Madara Uchiha, um personagem incrível e que metia medo em todo mundo com a simples menção de seu nome.

Madara acabou provando-se o verdadeiro mestre da manipulação, além de um excelente combatente. Sua força não podia ser igualada por ninguém, nem mesmo pelo criador da série, Masashi Kishimoto, que chegou em um ponto onde simplesmente não sabia o que fazer para derrotar o personagem que ele mesmo criou!

Madara era tão poderoso que conseguiria vencer Naruto, Sakura e Sasuke em praticamente qualquer cenário. Portanto, fazer a série seguir adiante acabou tornando-se um verdadeiro problema uma vez que era necessário criar uma desculpa aceitável para justificar a derrota do grande vilão.

Sendo assim, o único caminho viável foi nerfa-lo, deixa-lo mais fraco do que ele realmente era e encontrar uma brecha que justificasse sua derrota.

O caminho escolhido, como vocês sabem, foi o de fazer com que Madara não fosse capaz de controlar as Bestas de Cauda que absorveu, permitindo assim que Kaguya Otsutsuki renascesse.

Confira também:

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime prepara o terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta. Já o mangá de Naruto é publicado no Brasil pela Panini.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade