Categorias: Anime

Editor original de Dragon Ball tinha uma opinião polêmica sobre o mangá

Apesar de Dragon Ball continuar sendo uma das séries de maior sucesso de todos os tempos, muitos acham que ela na verdade só encontra pretextos para fazer com que Goku – um viciado em adrenalina – encontre motivos para descer a porrada nos outros.

De certa forma, não podemos dizer que esta teoria está totalmente errada, mas acontece que um dos antigos editores de Dragon Ball, Kazuhiko Torishima, também compartilha desta visão e não teve vergonha de dize-la em uma entrevista concedida à Derek Padula, alguns aos atrás.

Segundo Padula, Torishima declarou acreditar que Dragon Ball começou bem, mas que foi perdendo o rumo com o passar do tempo, mais especificamente, após o fim do arco de Pilaf. A baixa nas vendas fez com que ele procurasse inspiração em outros títulos – como em Fist of the North Star, por exemplo -, mas que ele acabou deixando tudo de lado por acreditar que Dragon Ball precisava tornar-se uma série “desmiolada” para voltar a vender bem.

Sendo assim, seria muito mais fácil conduzir o enredo para que Goku tivesse cada vez mais confrontos, sem ter que justificar muita coisa. E parece que deu certo, afinal de contas, mesmo que o enredo tenha mudado muito de alguns anos para cá, Dragon Ball continua vendendo como água.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas, uma ameaça que pode muito bem acabar com o Universo 7 num piscar de olhos.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies