Anime

Criador de One Piece esclarece quanto ainda falta para a história terminar

Tendo mais de 900 capítulos, One Piece atualmente é um dos mangás mais populares e extensos do mundo. No entanto, por mais que a história ainda tenha bastante fôlego, nos últimos anos os fãs estão cada vez mais preocupados com o seu final, principalmente depois dos rumores que sugiram no começo deste ano, afirmando que o mangá terminaria no volume 100.

Embora na época o rumor tenha sido desmentindo, recentemente o próprio Eiichiro Oda, criador de One Piece, participou de uma entrevista com alguns Youtubers japoneses, onde falou sobre os seus reais planos para o desfecho da sua obra.

De acordo com a tradução feita pelo usuário do Twitter conhecido com @sandman_AP, Oda planeja terminar One Piece em mais ou menos 5 anos, embora ele ainda afirme que o prazo possa ser aumentado.

A partir dessa estimativa, e levando em conta que por ano temos mais ou menos 4 volumes de One Piece lançados, a história ainda teria pelo menos 20 volumes, o que daria aproximadamente 220 capítulos. No entanto, como dito pelo próprio Oda esse é apenas um prazo estimado e é provável que acabe demorando um pouco mais.

De qualquer forma, no ponto atual da história ainda estamos no meio do arco de Wano e Luffy ainda não derrotou Kaido. Mas quando isso eventualmente acontecer, podemos esperar alguns arcos de transição e talvez o começo dos preparativos para o desfecho da história.

One Piece conta a história de Monkey D. Luffy, um jovem com poderes de borracha cujo sonho é tornar-se o Rei dos Piratas.

Ao todo, o anime conta com quase 900 capítulos e ainda é exibido no Japão, sendo uma das séries mais populares de todos os tempos.

A história de Luffy e seus amigos pode ser acompanhada na íntegra no Crunchyroll, em japonês com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade