Conheça as 4 piores transformações de Vegeta no universo de Dragon Ball Super

Vegeta é o personagem favorito da maioria dos fãs da franquia Dragon Ball, e amor dos fãs pelo personagem vem desde a época em que ele era um vilão. Vegeta mudou muito com o passar dos anos, e estas mudanças trouxeram novas transformações para o personagem, porém nem todas estas transformações são boas.

Hoje, trouxemos três das piores transformações de Vegeta em toda a franquia Dragon Ball. Mas calma, também haverá um post dedicado às melhores transformações do personagem em breve, mas por hora vamos a lista de hoje.

As piores transformações de Vegeta em Dragon Ball

4 – Super Saiyajin Grau 3

Esta transformação foi mostrada por Trunks no anime, quando ele tenta vencer Cell. Apesar de nunca virmos Vegeta usando ela, ele também a atingiu e deixou-a de lado por causa da perda de velocidade e da energia que ela gasta.

3 – Spirit Bomb Vegeta.

Começando com uma transformação desconhecida pela maioria do fãs. O Spirit Bomb Vegeta apareceu no jogo Dragon Ball Z: Shin Budokai. Como o nome sugere, esta transformação só pode ser alcançada quando Vegeta absorve uma Genki-Dama, o que a torna praticamente inútil, pois a Genki-Dama é uma técnica muito difícil de se realizar, e faz mais estrago se usada diretamente em um inimigo, e não em um aliado.

2 – Copy-Vegeta.

Muitos fãs nem sabem porque esta “transformação” existe. O Copy-Vegeta é uma versão de Vegeta que possui as mesmas habilidades do personagem que conhecemos atualmente, porém sua personalidade é igual a do Vegeta do início de Dragon Ball Z, ou seja, ele é maligno e odeia Goku com todas as suas forças.

1 – Baby Vegeta.

Finalizando a lista com uma transformação vinda diretamente de Dragon Ball GT, Baby Vegeta surgiu após o vilão Baby ter possuído o corpo do Saiyajin. Apesar do visual da transformação ser incrível, ela nada mais é do que uma nova versão de Majin Vegeta, que havia aparecido durante a Saga Boo de Dragon Ball Z.

Ambas as transformações aumentam muito o poder de Vegeta, porém fazem o personagem voltar a ser maligno e atacar seus companheiros, com a única diferença de que Majin Vegeta havia surgido vários anos antes do Baby Vegeta, tornando esta transformação redundante.

Confira também

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade