Anime

Capítulo 66 de Boruto explica como Kawaki obteve o Karma de volta

Lançado nesta quinta-feira (20), o capítulo 66 do mangá de Boruto trouxe um dos momentos mais chocantes do mangá até agora, deixando a história em um enorme cliffhanger que só saberemos a continuação no próximo mês. No entanto, para além do seu final, outro importante trecho do capítulo foi a revelação de como Kawaki obteve a marca do Karma de volta.

Diferente do que tinha sido sugerido anteriormente, Ada explica que Kawaki não teve a escolha de obter ou não o Karma, com Amado o restaurando quando substituiu a sua mão direita. “Acho que Kawaki não teve escolha. Parece que Amado nunca teve a intenção de deixar Kawaki decidir se queria o Karma de volta ou não. Ele já havia terminado de reconstruí-lo”, explica a ciborgue.

Ada ainda complementa que como Amado sabia que Kawaki buscaria mais poder, tudo que ele precisava fazer era motivar o garoto a querer isso, o que acabou acontecendo justamente com o ataque de Code.

Boruto 66 – Reprodução: MangaPlus

Mas além do Karma de volta, como mostrado na continuação do capítulo, Kawaki agora é capaz de utilizar o Daikokuten e o Sukunahikona, técnicas até então exclusivas de Isshiki Otsutsuki, que o permitem recuperar coisas de outra dimensão e encolher diversos objetos.

Assim, ao testemunhar esses poderes, Code começa a se perguntar se o objetivo de Amado é na verdade transformar Kawaki em uma espécie de segundo Isshiki.

Criado por Masashi Kishimoto e publicado na Weekly Shonen Jump desde 1999, o mangá original de Naruto foi finalizado em 2014, com a sua adaptação em anime sendo encerrada em 2017. Atualmente, a franquia continua através de Boruto, sequência direta da história que acompanha uma nova geração de ninjas.

Confira também outras notícias de Naruto e Boruto:

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade