Categorias: Anime

Black Clover revela o motivo dos hospedeiros de demônios não utilizarem 100% do seu poder

Embora o grande destaque do capítulo 256 do mangá de Black Clover tenha sido a luta de Yami contra Dante, também tivemos uma importante explicação que confirmou o verdadeiro motivo para os hospedeiros de demônios não conseguirem utilizar todo o seu poder.

O TEXTO ABAIXO POSSUI SPOILERS DO CAPÍTULO 256 DE BLACK CLOVER!

Assim, logo no começo do capítulo vemos Dante assumir uma nova forma liberando 80% do seu poder demoníaco, enquanto Yami zomba dele afirmando que esse seu poder total é de “apenas” 80%. No entanto, além de Yami estar realmente preocupado com essa enorme quantidade de Mana, Dante explica que as pessoas possuídas por demônios não podem chegar em 100%.

“Nós, humanos possuídos por demônios, compartilhamos poder com o demônio do submundo. Enquanto estivemos fazendo essa troca entre dois mundos, este e o submundo, não poderemos trazer 100% do poder ao menos que consigamos abrir o portal para o submundo”

Entretanto, logo após ter feito essa breve explicação, Dante também afirma que não tem certeza se essa troca de poder e limite de 80% dos hospedeiros de demônios também funciona para a Asta. Dessa forma, como já foi bastante teorizado no fandom da franquia, a ligação de Asta com o seu demônio pode ser um pouco diferente, e talvez isso o permitia se aproximar ainda mais ou até mesmo alcançar os 100%.

Escrito por Yuki Tabata, Black Clover conta a história de Asta, um jovem garoto que nasceu num mundo rodeado por e sonha em se tornar o Rei Mago. No entanto, Asta não possui nenhuma aptidão mágica, enquanto que Yuno, o seu melhor amigo, é simplesmente um gênio na magia. Eventualmente, Asta acaba descobrindo um poder único conhecido como Anti-Magia, permitindo que ele anule a magia.

O anime de Black Clover pode ser assistido oficialmente no Brasil e com legendas em português através da Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Confira também:

Este website utiliza cookies