Anime

Afinal, quem é a Aliança do Oriente Médio apresentada em Shingeki no Kyojin?

O episódio 1 da Temporada 4 de Shingeki no Kyojin estreou no final de semana, e com ele, numa nova potência militar foi apresentada: a Aliança do Oriente Médio. Mas afinal de contas, quem são eles?

No post de hoje, trazemos tudo o que você precisa saber sobre este inimigo que meio que caiu de paraquedas na história.

Atenção: falaremos sobre spoilers de Shingeki no Kyojin e da Aliança do Oriente Médio abaixo

A Aliança é composta por vários países aliados que aproveitaram-se do fato de Marley ter perdido dois titãs originais (o Titã Colossal e o Titã Fêmea) e falhado em capturar o Titã Fundador quando atacaram Paradis.

Esta guerra, como explicado no anime, durou cerca de quatro anos, e terminou com a vitória de Marley sobre a Aliança.

Apesar da derrota, a Aliança do Oriente Médio ganhou simpatia das outras nações do mundo de Shingeki no Kyojin, já que eles ofereceram um bom grau de resistência a Marley e seus Titãs Originais, além de terem enfraquecido o poderio militar de Marley e provado que a era dos Titãs estava próxima do fim.

Dentre os destaques desta nação, temos o poderio militar dela, que se equipararia ou até superaria o de Marley caso eles não tivessem os titãs.

No seu exército, a Aliança possui várias armas anti-titã, como o Trem Blindado, canhões de 100mm que perfuram até mesmo a armadura do Titã Encouraçado.

Apesar de inimigos de Marley, os membros da aliança também odiavam e tinham preconceitos profundos pelos Eldianos. Na cena em que Gabi destrói o trem blindado, dois soldados discutiram sobre atirar ou não nela mesmo desarmada, já que ela poderia transformar-se num titã a qualquer momento.

Já em outra cena, vemos um membro da Aliança dizendo a Falco para tirar as mãos dele pois ele era da raça do demônio.

Além de uma forte presença terrestre, a Aliança também possuía uma grande marinha, que fez frente à de Marley e que só foi vencida por causa da superioridade numérica desta.

Como pudemos notar no episódio, a Aliança do Oriente Médio de Shingeki no Kyojin é inspirada nos povos árabes e turcos contemporâneos à Primeira Guerra Mundial. Não só o uniforme dos soldados da Aliança se parecem com os dos soldados Otomanos na época da Primeira Guerra Mundial, mas também sua localização sendo bastante semelhante à da Península Arábica no mundo real.

No mapa abaixo, vocês podem conferir as duas possíveis localizações da Aliança no mundo de Shingeki. A primeira se parece com a Arábia, e a segunda se parece com a Índia (o mapa está de cabeça para baixo em relação aos mapas que estamos acostumados a ler).

Ao fim da guerra entre Marley e a Aliança do Oriente Médio, esta perde sua autonomia na assinatura do tratado de paz entre ambas.

Confira também

Escrito por Hajime Isayama, Shingeki no Kyojin ou Attack on Titan, se passa em um mundo onde a humanidade vive em cidades rodeadas por gigantes muralhas para se proteger dos Titãs, criaturas gigantescas que possuem o único instinto de devorar humanos.

O anime segue os passos de Eren Jaeger, um jovem com a misteriosa habilidade de transformar-se em Titã, que acaba entrando para o Time de Reconhecimento com o objetivo de vingar-se da tragédia a qual tirou a vida do pai dele e destruiu sua terra natal.

As três temporadas do anime, além da nova temporada em exibição estão disponíveis estão disponíveis na Crunchyroll.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade