Afinal, qual seria o poder de Gaara adulto se ele tivesse controle do Shukaku em Boruto: Naruto Next Generations?

Todos sabemos que o Naruto conseguiu derrotar o Gaara quando eram crianças, mas o Gaara adulto cresceu forte e poderoso. Caso ele controla-se o Chakra de Shukaku, ele poderia vencer o Naruto?

Gaara perdeu o Shukaku, mas ainda assim se tornou um dos ninjas mais fortes do universo de Naruto. Fãs sempre se perguntaram o quão forte ele poderia ser caso estivesse trabalhando junto com o Shukaku como adulto.

Gaara poderia derrotar o Naruto caso ainda estivesse com o Shukaku?

A resposta para essa pergunta depende um pouco, mas no geral as chances ainda são bem ruins para o Gaara. As bestas de caldas tem uma hierarquia de poder e o Naruto possui a mais poderosa de todas.

Shukaku está atrás em nível de poder da Kurama e isso já é uma grande vantagem para o Naruto. Então mesmo que o Gaara recuperasse o Shukaku, Naruto ainda teria uma enorme vantagem sobre ele.

Um exemplo disso é como o Naruto foi capaz de vencer o Gaara quando eram crianças. Naquela época, o Gaara era muito superior em treino e experiência, e mesmo assim o Naruto venceu devido ao poder avassalador que a Kurama representa.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime prepara o terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Valteci Junior

Valteci Junior é editor no Critical Hits

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade