Afinal, por que Goku não usava o Kaioken transformado em Super Saiyajin em Dragon Ball Z?

Durante a luta conta Vegeta, um dos principais trunfos de Goku foi o uso do Kaioken, algo que só vimos voltar a ser usado em Dragon Ball Super. Mas afinal, por que Goku nunca utilizava o Kaioken quando transformado em Super Saiyajin?

A principal vantagem do Kaioken é permitir ao usuário aumentar suas habilidades em combate por um curto período de tempo. Enquanto ativo, o lutador percebe que sua força, velocidade, além de seus sentidos, ficam aprimorados permitindo melhor desempenho.

Porém ela conta com a desvantagem de levar o corpo ao limite, e caso utilizada em demasia pode fazer com que o usuário simplesmente entre em colapso. O Super Saiyajin por sua vez, também é uma transformação difícil de ser controlada, pois tende a diminuir as reservas de energia rapidamente.

Dessa forma, utilizar o Kaioken transformado em Super Saiyajin durante as lutas contra Freeza, Cell e Majin Boo seria um movimento extremamente arriscado para Goku, que colocaria não só a sua vida em risco, como também a de todos os seus companheiros.

O único motivo para o Kaioken ter sido reintroduzido em Dragon Ball Super é por que Goku passou a treina-lo para usar em conjunto com a transformação divina, que por sua vez, passa a utilizar um tipo de energia totalmente diferente da transformação em Super Saiyajin.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

João Víctor Sartor

João Víctor Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade