Anime

Afinal, o que aconteceu com os Piratas Rocks em One Piece?

Os Piratas Rocks são mencionados algumas vezes durante a história de One Piece e era um grupo lendário que viveu no passado, mas afinal, o que realmente aconteceu com eles?

One Piece – Reprodução

Afinal, o que aconteceu com os Piratas Rocks em One Piece?

Cerca de 38 anos antes dos eventos que estamos acompanhando em One Piece, uma lendária tripulação de piratas ficou conhecida mundialmente por ser um dos bandos mais poderosos e temidos da sua época, navegando sob a bandeira dos Piratas Rocks. Mas além da tripulação ser famosa pela sua violência, a ponto de atacar os seus próprios aliados, o bando reuniu nomes como Edward Newgate (Barba Branca), Charlotte Linlin (Big Mom), Kaido, Capitão John e Shiki, o Leão Dourado. Todos eles eram liderados por Rocks D. Xebec, que desejava se tornar o Rei do Mundo e foi o principal rival de Gol D. Roger.

No entanto, após serem considerados como a organização mais perigosa para o Governo Mundial, os Piratas Rocks foram derrotados em um misterioso incidente que ocorreu na ilha God Valley, onde Garp e Roger formaram uma aliança aparentemente para “proteger” Tenryubitos. Desde então, Garp é considerado um herói da Marinha, mas como não desejava receber ordens diretas dos Tenryubitos, ele recusou o cargo de Almirante. Já sobre Rocks D. Xebec, sabemos que ele não está mais vivo, embora não tenha sido confirmado se a sua morte ocorreu nesse incidente em God Valley.

One Piece – Reprodução

Enquanto ao resto da tripulação dos Piratas Rocks, três deles alcançaram o posto de Yonko, e agora, depois de todos esses anos, Big Mom e Kaido se uniram novamente para formar a mais poderosa aliança pirata que dominará o mundo. Por fim, um último detalhe importante de se citar é que após o incidente em God Valley, a ilha simplesmente sumiu dos mapas sem deixar nenhum rastro.

Confira também:

Você pode assistir a One Piece por completo na Crunchyroll.

Publicado por
Tags: One Piece

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade