Categorias: Anime

Afinal, Naruto é ou não um bom pai em Boruto: Naruto Next Generations?

As capacidades parentais de protagonistas de anime geralmente não são as características mais bem desenvolvidas. Apesar de não ser tão ruim quanto Goku na criação de seus filhos, Naruto não é exatamente um exemplo de pai em Boruto: Naruto Next Generations… Ou será que não?

Nessa nova série que conta a história do filho de Naruto, o ex-protagonista é um adulto que finalmente atingiu seu objetivo de vida que era ser o líder da Vila Oculta da Folha.

O agora Hokage Naruto tem dois filhos, Boruto e Himawari, frutos de seu relacionamento com a princesa do Byakugan, Hinata Hyuuga.

Naruto teve uma infância bem complicada ao ser obrigado a crescer sem seus pais, que morreram no dia de seu nascimento. Com isso era de se imaginar que ele faria tudo o possível para que seus filhos não sofressem o que ele sofreu e fosse o pai mais presente possível.

Mas o que acontece na realidade é que ele tem pouquíssimo tempo de convivência com a sua nova família. Completamente consumido pelas suas obrigações como Hokage, Naruto mal consegue organizar sua agenda para estar presente em datas festivas, como o aniversário dos próprios filhos, muitas vezes tendo que utilizar clones para poder fazer tudo ao mesmo tempo.

Porém, é importante lembrar que Naruto não pode ser um pai perfeito por simplesmente não ter tido um pai – nem um pai ruim! – durante toda sua vida. Seus primeiros modelos paternos foram seus mestres e sensei, que não tinham a obrigação e muitas vezes não tinham capacidade de ensinar Naruto a ser um pai melhor.

E embora Naruto realmente não seja um exemplo de presença, é muito claro que ele faz o seu melhor para estar com sua família. Se por um lado mandar um clone parece ser um sinal de “impessoalidade”, também pode significar que ele está literalmente se dividindo para poder também participar da vida de seus filhos.

Boruto pode até reclamar de que Naruto não é tão presente quanto ele gostaria que fosse, mas ele pode ir visitá-lo no escritório sempre que quiser. Naruto só foi “conhecer” o próprio pai através de uma reserva de chakra que o impediu de liberar um demônio de dentro do corpo (sim, é difícil).

Até mesmo Sarada, que tem um pai muito mais ausente que Boruto, é muito mais compreensível com a situação de Naruto e suas obrigações como líder e “pai” de uma Vila inteira.

A forma como que os dois filhos lidam com a ausência do pai é diferente, também. Enquanto Himawari, mesmo sendo muito criança, apenas se sente triste com a ausência do pai – mas busca aproveitar quando ele está por perto – Boruto busca sempre o confronto, muitas vezes afastando o próprio pai com suas atitudes.

Naruto pode não saber como falar com seus filhos e não tem o toque carinhoso de Hinata, mas sua maior dedicação é literalmente criar um mundo melhor para seus filhos poderem ser mais felizes e estarem mais seguros.

E felizmente isso é algo que Boruto vem apreciando cada vez mais.

Boruto: Naruto Next Generations é a sequência direta de Naruto Shippuden, tanto no anime quanto no mangá.

Nesta nova história, acompanhamos Boruto, filho de Naruto, um jovem que quer encontrar o seu próprio caminho e não pretende seguir os passos do pai, e Kawaki, jovem cujo corpo foi modificado com melhorias cibernéticas por um grupo misterioso chamado Kara.

Apesar do anime ainda estar contando a história de Boruto jovem, ele conta com alguns bons arcos, trazendo Naruto e Sasuke de volta, e histórias onde o jovem é o grande protagonista.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll e ganha novos capítulos toda semana.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies