Anime

Afinal, como funcionou o multiplicador de força Super Saiyajin de Goku na batalha contra Freeza em Dragon Ball Z?

A transformação de Goku em um Super Saiyajin foi provavelmente o evento mais marcante da história dos animes/mangás.

O vilão Freeza finalmente não estava mais lidando com um guerreiro normal Saiyajin e sim um que havia superado os limites da raça e virado uma lenda, uma lenda que Freeza temia profundamente.

Tudo muito legal e tal, mas o problema é que ainda estávamos utilizando números para definir o Poder de Luta dos personagens de Dragon Ball e isso eventualmente gerou complicações sobre qual era a real mudança de força entre a forma base e a forma Super Saiyajin.

Alguns guias e fãs assumem que essa transformação aumenta o poder em 50 vezes – o que seria correto na batalha contra Freeza no planeta Namek – mas o próprio  Akira Toriyama, autor da obra, depois corrigiu para 10 vezes, o que seria o mesmo multiplicador de força da forma Oozaru e não faria o menor sentido.

Até você lembrar que Toriyama simplesmente se esquecia de coisas ao criar e expandir o universo de Dragon Ball.

Antes de se transformar em SSJ, Goku utilizou o Kaioken 20x para desferir um Kamehameha em Freeza que, apesar de se mostrar machucado, sobreviveu sem maiores dificuldades. E isso que Freeza estava utilizando apenas 50% de seu poder total.

Seguindo esses dados, Freeza seria no mínimo 40x mais forte que Goku se utilizasse sua forma final. O que obrigaria a transformação em SSJ ser de 50x para que ele se tornasse mais poderoso.

Só que ambos Goku SSJ e Freeza Poder Máximo estavam longe de suas melhores formas, com Goku tendo seu corpo completamente exausto pela batalha e também pelo estresse emocional, e Freeza tendo gasto sua energia nas batalhas anteriores.

Tanto que Freeza em sua forma mais poderosa passou a pressionar Goku SSJ e o combate só se inverteu quando o vilão começou a apresentar sinais de cansaço por não estar acostumado a utilizar essa forma e lutar tão intensamente.

No final das contas, o Poder de Luta quantificado se tornou irrelevante na franquia, como Toriyama desistindo da ideia introduzida na Saga Saiyajin com os rastreadores e a gente pode finalmente deixar isso pra lá, certo? Certo?

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade