Afinal, como existem dinossauros em Dragon Ball Super se Bills matou todos eles?

Dragon Ball nunca fez muita questão de ser uma série coesa e com detalhes explicados nos mínimos detalhes, mas desde que Dragon Ball Super começou as coisas tem começado a ficar um pouco mais organizadas neste sentido. Mesmo assim, um detalhe sempre chama atenção dos fãs: por que ainda existem dinossauros na Terra se Bills afirma ter exterminado todos eles?

A afirmação de Bills acontece pouco antes dele ir para o Planeta Terra pela primeira vez, logo após acordar e contar à Whis ter sonhado com o Deus Super Saiyajin. Whis então comenta sobre o Saiyajin da Terra que teria destruído Freeza e Bills comenta que lembra vagamente do planeta: “Terra? Acho que estive lá uma vez. Aquele planeta não estava cheio de dinossauros? Eu apaguei todos da face da existência”.

Mas seria este um erro de continuidade grave de Dragon Ball Super? Por incrível que pareça, não.

Tudo tem relação com outro trabalho de Akira Toriyama: Dr. Slump. E a existência dos dinossauros em Dragon Ball é tem seus motivos explicados há muito mais tempo do que você imagina.

Dr. Slump tem como protagonista a pequena Arale, aquela que teve participação no episódio 69 de Dragon Ball Super e chegou a se encontrar com o Sr. Bills em pessoa. Acontece que Dragon Ball e Dr. Slump dividem o mesmo universo, o que quer dizer que o que acontece numa série, reflete diretamente na outra.

No capítulo 11 de Dr. Slump, vemos a pequena Arale utilizando uma máquina do tempo para ir ao passado, e lá ela acaba descobrindo que um grande meteoro está a caminho para destruir toda a vida na Terra. Este meteoro então, muito provavelmente, foi mandado para o Planeta por Bills.

Só que o que ele não sabia é que Arale, com sua imensa força, fosse capaz de rebater o meteoro com a cabeça e salvar toda a vida na Terra. A pancada foi tão forte que o meteoro acabou entrando na órbita da Terra e acabou se tornando a Lua!

Portanto, o motivo dos dinossauros continuarem vivos em Dragon Ball diz respeito à Arale, que foi contra todos os desígnios divinos, voltou no tempo e interrompeu a ação de um Deus da Destruição muito antes de Goku.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

João Víctor Sartor

João Víctor Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade