Anime

Afinal, as Sementes dos Deuses de Dragon Ball estão obsoletas?

Muitas vezes, os combates de Dragon Ball acabam tendo proporções absurdas, com planetas sendo destruídos e populações inteiras sendo assassinadas num piscar de olhos.

Para conseguir criar um ambiente em que seus personagens possam lutar sem se conter – mesmo que isto signifique destruir planetas – e sem que grandes repercussões aconteçam, Dragon Ball faz uso das Esferas do Dragão para desfazer qualquer mal causado durante as grandes lutas do anime.

As Esferas do Dragão servem como uma espécie de seguro universal. Desde que elas existam e possam ser reunidas, tudo poderá voltar ao normal, e por isto não há necessidade de se conter.

Outro elemento similar são as Sementes dos Deuses. Estes pequenos feijões são capazes de curar qualquer ferimento e consertar qualquer osso quebrado assim que são ingeridos.

Assim como as Esferas do Dragão permitem que lutas com proporções catastróficas aconteçam sem grandes repercussões, as Sementes dos Deuses permitem que os guerreiros de Dragon Ball se joguem no meio de um combate perigoso sabendo que poderá ser curado graças a elas.

Porém, as Sementes vem sendo cada vez menos utilizadas a cada novo arco da obra. Um dos possíveis motivos para isto está no fato de Mestre Karin não ser capaz de criá-las com muita frequência, mas desde que Dragon Ball Super chegou, mal as vimos em uso.

Não só isso, como outros personagens da série, como Dende e os Namekuzeijin (e até Vegeta graças ao seu novo treinamento) são capazes de curar os guerreiros quase que instantaneamente, sem que nada precise ser ingerido.

A introdução e uso dos poderes de cura destes personagens meio que tornou as Sementes dos Deuses obsoletas, e isto não é algo ruim necessariamente.

Sem a garantia de poderem ser curados instantaneamente no meio de uma batalha, os Guerreiros Z precisam pensar mais a sério sobre as lutas que estão se metendo, principalmente caso alguém que possua o poder de curar não esteja por perto.

Isto acaba tornando cada combate mais perigoso, e portanto as chances de Goku e os outros pegarem leve numa luta é extremamente menor.

O que vocês acham de tudo isto? Deixem nos comentários.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade