Categorias: Anime

5 coisas que você provavelmente não sabia sobre Dragon Ball GT

“Seu sorriso é tão resplandecente que deixou meu coração alegre…”, e aí, cantou no ritmo certo? A abertura de Dragon Ball GT marcou uma geração. Até hoje, a música da abertura deixa os fãs da obra de Akira Toriyama com um sentimento de nostalgia. O autor de Dragon Ball achou que depois do arco de Majin Boo, seria uma boa hora para encerrar a criação, mas a Toei Animation decidiu que não era hora de Dragon Ball acabar e resolveu criar Dragon Ball GT.

Dragon Ball GT não é cânone da franquia pelo fato de Toriyama não ter participação direta no desenvolvimento da história. Por conta disso, assim que Dragon Ball Super começou foi necessário explicar que os eventos de Dragon Ball GT nunca aconteceram, reconquistando os fãs antigos da franquia. Por mais que a fanbase de Dragon Ball se negue a admitir a existência de Dragon Ball GT, não podemos negar que algumas coisas no anime são muito boas.

Sendo uma série que foi deixada de lado pela maioria dos fãs, muitas pessoas não sabem tudo da série, e foi pensando nisso que fizemos essa lista de 5 coisas que você provavelmente não sabia sobre Dragon Ball GT. Confira:

O bigode de Vegeta

As pessoas podem não gostar de muitos aspectos de Dragon Ball GT por causa de Akira Toriyama não estar envolvido, mas o bigode de Vegeta não é um deles. Os design dos personagens, incluindo Pan, Bra e Goten, que também são criticados, foram aprovados por Toriyama. E você, o que achou dos visuais dos personagens do anime?

Pausas

Durante a exibição original do anime, os fãs sofreram com o fato dos episódios não serem passados semanalmente. O arco de Baby possui 23 episódios, mas não foi exibido em 23 semanas seguidas. De junho de 1996 até março de 1997, não houve um mês sequer que toda semana saía um episódio novo de Dragon Ball GT, situação que se repetiu em outros arcos também.

O papel de Pan

Uma das coisas mais frustrantes em Dragon Ball GT é que Pan não foi desenvolvida para ser uma heroína. Por mais que ela tenha a personalidade forte e se esforce nas aventuras, o papel de Pan foi reduzido ao de uma donzela em perigo. Era necessário que Pan fosse reduzida à uma donzela em perigo para que Goku pudesse continuar como o grande herói da história e estivesse sempre pronto para salvá-la. seria bem interessante ver a filha de Gohan e Videl mostrar todo o potencial dela.

Shipps estranhos

Durante a exibição de Draagon Ball GT, os fãs imaginaram alguns shipps bem estranhos,. Trunks e Goku, Goku e pan, Pan e Trunks… Esses shipps passaram dos limites. Apesar dos shipps com Pan parecerem normais, não são. Pan é praticamente uma criança perto de Trunks, e Goku é o avô dela!

Arcos para outros personagens

A sigla ‘GT’ significa ‘Goku Time’ (Hora do Goku), porque em Dragon Ball GT nenhum dos outros personagens ganharam foco, apenas Goku. A Toei Animation pensou em arcos para outros personagens, mas no fim eles não foram realizados. Por exemplo, Gohan tentaria voltar a ativa após o arco de Baby, o que não aconteceu. Todos os 64 episódios de Dragon Ball GT foram focados nas proezas de Goku.

E aí, você já sabia de algum dos itens dessa lista? Comente aqui embaixo!

Este website utiliza cookies