Vídeos

PewDiePie posta vídeo pedindo desculpas pela ofensa racista disparada durante livestream

2017 realmente não está sendo um ano muito bom para PewDiePie. Após um vídeo onde ele pagava pessoas para segurarem placas com mensagens (e em alguns casos mensagens com teor nazista), o Youtuber recentemente envolveu-se em mais uma polêmica, ao chamar um jogador de PlayerUnknown’s Battlegrounds de “nigger” após ser morto por ele durante uma partida.

Hoje, dois dias depois do acontecido, o Youtuber postou um vídeo com um pedido de desculpas sobre o acontecido.

No vídeo, ele diz estar desapontado consigo mesmo “pois parece que eu não aprendi nada depois de tantas controvérsias”, disse ele.

“Não é como se eu pensasse que eu posso pensar e dizer o que eu quiser e me safar com isso, e não é assim mesmo, eu só sou um idiota. Mas isso não torna o que eu disse algo legal. Eu realmente peço perdão se eu ofendi, machuquei ou desapontei alguém por causa disso. Estando na posição onde eu estou, eu devia saber isso mais do que ninguém.

Eu não posso continuar cometendo erros como esse”, disse o Youtuber no vídeo.

Recentemente, o Youtuber havia dito que iria parar de fazer piadas com nazistas após as manifestações de Charlotesville pois ele não gostaria de ser associado a grupos extremistas.

“Se por algum motivo os nazistas acham que eu sou muito legal fazendo essas piadas, eu não quero dar a eles esse benefício. Eu vou parar de fazer isso. Memes com nazistas, eles não são mais engraçados. Eles estão mortos para mim.

Eu não estou me censurado, eu realmente não quero fazer parte disso”, disse o Youtuber.

 

Publicado por
Tags: PewDiePie

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade