5 grandes destaques da E3 2016

Fala, galera, tudo bom com vocês?

As principais conferências de imprensa da E3 desse ano já foram apresentadas, e agora é hora de falarmos sobre os principais destaques.

Para isso, eu fiz uma lista com os cinco pontos que mais me chamaram a atenção positivamente, basicamente envolvendo as produtoras dos três consoles do mercado e algumas produtoras de jogos também.

Vamos lá?

5 – A beleza de The Legend of Zelda: Breath of the Wild

A Nintendo apresentou pela segunda vez seguida o novo The Legend of Zelda na E3 desse ano, mas dessa vez nos trouxe uma boa dose de gameplay e o nome do jogo: Breath of the Wild. Além de podermos notar que o jogo é muito belo, também tivemos amostras do mundo do game e do sistema de batalha, que me lembraram um pouco de Dark Souls, tanto no combate quanto no mundo em decadência.

O jogo será lançado para Wii U e Nintendo NX em 2017, o que significa que a espera por ele ainda será bem longa, mas pelo menos estamos vendo que a companhia está fazendo essa espera valer a pena.

4 – Resident Evil 7

A Capcom está nos devendo alguns sustos há anos na franquia Resident Evil, e parece que a companhia vai pagar essa dívida com juros e correção monetária com Resident Evil 7. O jogo será em primeira pessoa, focado no terror e com suporte ao PlayStation VR.

Ainda não sabemos se ele será tudo o que prometeu, mas o ar de PT dele certamente deu um calafrio gigantesco. Tomara que a franquia volte com tudo.

3 – Hideo Kojima e a bunda do Norman Reedus

Hideo Kojima e Norman Reedus apresentaram seu mais novo trabalho conjunto na conferência de imprensa da Sony. O jogo chama-se Death Stranding, e pouquíssimo sobre ele foi mostrado além da bunda do Norman Reedus, ele chorando e segurando um bebê no colo e o fato de que eles estão bebendo as lágrimas da Konami no momento.

Ainda assim, foi mais do que o suficiente para deixar todo mundo aplaudindo de pé.

2 – Kratos está de volta

A Sony iniciou sua conferência de imprensa com o pé na porta, anunciando o mais novo God of War. Sem número, o jogo aparenta ser situado anos após God of War 3. Kratos foi para o norte e teve um filho, e o infeliz não sabe atirar com um arco e flecha. Não deve ser fácil ser o filho do Deus da Guerra, mas ainda assim, esperava-se que o moleque tivesse um mínimo de pontaria.

E o que falar sobre o jogo? Ele continua brutal pra caramba, e parece ser em mundo aberto dessa vez.

1 – E Crash também está de volta

Todo mundo queria que Crash Bandicoot voltasse ao PlayStation, e a Sony deu um jeito de fazer isso acontecer de duas maneiras. A primeira delas é a remasterização dos três primeiros Crash para PlayStation 4 (os desenvolvidos pela Naughty Dog), que serão lançados em 2017.

A segunda delas foi com Skylanders Imaginators, que trará Crash Bandicoot como personagem. Ainda não sabemos se o jogo vai ser bom ou não, mas pode ser o caminho para um novo jogo próprio de Crash Bandicoot no futuro, o que é muito bom.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade