Categorias: Tech

Mark Zuckerberg deseja integrar Messenger, WhatsApp e Instagram

Mark Zuckerberg, o criador e dono do Facebook, está planejando uma forma de unificar WhatsApp, Messenger e Instagram, para que os usuários possam trocar mensagens entre si independente de qual aplicativo estiverem utilizando.

Segundo uma reportagem do New York Times, esse plano faz parte de um processo de reestruturação do Facebook, após os escândalos de privacidade ocorridos no ano passado.

Fontes consultadas pelo site afirmam que milhares de funcionários estão envolvidos nesse projeto, que deve chegar como uma atualização no final de 2019, ou no mais tardar início de 2020.

Como parte do movimento de garantir a privacidade dos usuários, todo esse sistema de troca de mensagens entre os aplicativos utilizará criptografia de ponta a ponta, ou seja, apenas os usuários daquela conversa terão acesso as mensagens, já que a chave para descriptografar será particular de cada usuário. Atualmente, apenas o WhatsApp utiliza esse recurso.

O jornalista Mike Isaac, responsável pela reportagem no New York Times, explica que “Depois que as alterações entrarem em vigor, um usuário do Facebook poderá enviar uma mensagem criptografada para alguém que tenha apenas uma conta no WhatsApp, por exemplo. Atualmente, isso não é possível porque os aplicativos são separados”

Em um comunicado oficial, o Facebook não negou nem confirmou a informação, mas disse que tem trabalho para que a troca de mensagens entre os seus usuários sejam rápidas, simples e confiáveis.

“Desejamos construir as melhores experiências de troca de mensagens que pudermos, e as pessoas querem que as mensagens sejam rápidas, simples, confiáveis e particulares.  Estamos trabalhando para melhorar a criptografia de ponta a ponta nos nossos produtos e considerando maneiras de facilitar o contato com amigos e familiares nas redes.”

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies