Categorias: GamesReviews

Saints Row: The Third Remastered – Review

A franquia Saints Row sempre teve um lugar especial no meu coração por causa do jeito descontraído que eles abordam os sandboxes “estilo GTA”, e Saints Row: The Third é um jogo que levou essa ideia a novos horizontes. Agora, quase 9 anos após o seu lançamento original, o jogo retorna em Saints Row: The Third Remastered. Como esse jogo enfrenta o teste do tempo?

O enredo de Saints Row: The Third

Em Saints Row: The Third Remastered, você controla um personagem criado por você que faz parte da gangue The Saints. A gangue cresceu de uma gangue local para um conglomerado de mídia que tem até o seu drink energético.

O problema é que esse crescimento acabou atraindo novos olhares. Após uma emboscada, a cidade de Steelport acabou sendo tomada pelo The Syndicate, uma gangue francesa que agora domina as ruas em que você anteriormente era o Rei.

Para isso, você precisa cumprir uma série de missões e restabelecer sua presença na cidade. Com o auxílio dos diversos amigos, antigos e novos, que fazem parte da sua gangue em missões que variam do normal ao completamente maluco.

De volta a Steelport

Por ser um jogo de 2011 lançado originalmente para Xbox 360, PC e PS3, Saints Row: The Third não é exatamente um jogo que demandasse um poderoso hardware, e apesar de ser chamado de Remasterd, essa versão do jogo também não chegou a receber grandes upgrades visuais.

Aqui, podemos ver apenas o jogo rodando numa resolução mais alta que os 720p originais e num framerate cravado em 60 quadros por segundo.

Nestas ruas de Saints Row: The Third Remastered, você tem uma série de atividades secundárias para fazer e assim aumentar o controle dos Saints e acabar com a influência do The Syndicate.

Estas atividades vão desde compra de lojas até destruição de postos avançados dos inimigos, e que podem ou não acabar atraindo também a atenção da polícia. Na maioria dos casos, essas atividades não chegam a ser tão originais assim, e hoje em dia também podem ser encontradas na maioria dos outros jogos.

Onde o jogo brilha

Saints Row: The Third Remastered brilha mesmo é nas missões principais da campanha do jogo. Apesar de algumas delas serem bastante simples: como ir até um armazém se encher de armas para enfrentar o seu novo inimigo, há outras em que a genialidade da Volition é evidente.

Como este não é um jogo que se leva a sério, você vai participar de perseguições em queda livre, programas de auditório japoneses e outras maluquices que certamente vão lhe despertar gargalhadas.

Todas essas missões são acessadas por meio do seu celular, você começa elas ligando para algum dos seus amigos e indo até o local do mapa em que a missão começa.

Completadas as missões, você ganha experiência, que é então convertida em níveis de reputação. Estes níveis de reputação desbloqueiam novos upgrades, como aumento da regeneração de vida, do dano causado por você e assim por diante.

Um detalhe importante de Saints Row: The Third Remastered é o fato de que todas as DLCs do jogo foram incluídas de cara, ou seja, há conteúdo de final de jogo disponível no começo, o que significa que você pode acabar numa missão extremamente frustrante sem aviso prévio.

Por causa disso, recomendamos que você comece o jogo e faça todas as missões de Pierce antes de mais nada, já que assim você ganha experiência, dinheiro e upgrades o suficiente para se virar no resto.

Mas o jogo envelheceu bem ou não?

Saints Row: The Third Remastered dificilmente vai surpreender você com algo além de algumas missões realmente originais e bem humoradas. Ainda assim, em alguns casos o fato do jogo ser de 2011 e as limitações técnicas que isso implicava vão fazer o jogo não fugir muito do que encontrávamos naquela época.

Ou seja, ainda que o jogo seja divertido e uma boa maneira de aproveitar a atual seca de jogos lançados, não espere encontrar nada realmente super original. Dito isso, este é o tipo de jogo perfeito para você que gosta de um sandbox descompromissado.

Review elaborado com uma cópia do jogo para Xbox One X fornecida pela publisher.

Resumo para os preguiçosos

Saints Row: The Third Remastered traz o jogo lançado originalmente em 2011 com todas as suas DLCs. O jogo é divertido e provavelmente vai entreter você por horas, mas alguns pontos da jogabilidade dele não envelheceram tão bem assim, e algumas das atividades são bastante genéricas também.

Ainda assim, na atual seca de lançamentos novos, esta é uma boa opção para quem procura um sandbox descompromissado e que não se leva nem um pouco a sério com missões hiperbólicas e diálogos bem humorados.

Nota final

70
Saiba mais sobre os nossos métodos de avaliação lendo o nosso Guia de Reviews.

Prós

  • Missões que certamente vão fazer você dar boas gargalhadas
  • Boa quantidade de conteúdo no pacote
  • Sem problemas de performance

Contras

  • Algumas missões e atividades bastante genéricas
  • Como os DLCs do jogo foram incluídos de cara, você pode acabar pegando algumas missões recomendadas para o final do jogo logo no começo, o que resulta em dor e frustração
  • Apesar do jogo ser remasterizado, os gráficos ainda lembram bastante o ano de 2011
Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies