Universidade nos Estados Unidos dará bolsas para os melhores jogadores de Fortnite

A universidade de Ashland, localizada no estado de Ohio, nos Estados Unidos, anunciou na semana passada que será a primeira universidade a oferecer bolsas de estudos para jogadores de Fortnite. Segundo Josh Buchanan, principal treinador da universidade, que também tem experiência em e-sports, Fortnite permite que os jogadores sejam mais criativos e estimula o trabalho em equipe.

“Fortnite atrai tanto o público hardcore, quanto os jogadores mais casuais. Estamos entusiasmados em fornecer esta plataforma para que os jogadores possam mostrar suas habilidades em um espaço competitivo. O ambiente de Fortnite facilita que os jogadores sejam criativos, inovadores e mostrem a maestria de suas habilidades.”

A partir do próximo semestre de 2018, o Ashland Eagles (nome da equipe) realizará testes abertos para qualquer estudante, oferecendo uma bolsa de até US $ 4.000. Os candidatos serão avaliados pelas suas habilidades no jogo e obviamente também pelo seu histórico escolar.

Em entrevista a Variety, o treinador também disse que os alunos aprovados terão o suporte de uma equipe preparada para ajudá-los a melhores no jogo e nos seus estudos.

“Como parte do programa, você terá treinadores e uma equipe dedicada a ajudá-lo a ter sucesso – não apenas no jogo, mas também na vida acadêmica. Ajudaremos a garantir que você tenha uma boa vida social e que sua aptidão física esteja em dia.”

O programa não se limitará a Fortnite, a universidade tem planos de oferecer bolsas para Counter-Strike, League of Legends, Overwatch e Rocket League. O centro onde os jogadores irão treinar começará a ser construído no final do mês e contará com 25 máquinas, além de acessórios e periféricos patrocinados pela OPSEAT e Sloth Esports.

Bolsas estudantis relacionadas a jogos não são necessariamente uma novidade nos EUA. No ano passado a Universidade da Califórnia começou a oferecer bolsas para jogadores competitivos de Overwatch e League of Lgends. Outras instituições como a Missouri Baptist University também já demonstraram interesse em criar programas parecidos.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade