Uma das melhores novidades de God of War foi rejeitada pela Crystal Dynamics no reboot de Tomb Raider

O novo God of War foi dirigido por Cory Barlog, que antes de trabalhar na Santa Monica, foi funcionário de outra grande empresa de games, a Crystal Dynamics. Se você não conhece esse nome, basta saber que eles são os responsáveis pela franquia Tomb Raider.

Barlog teve papel ativo no reboot lançado em 2013, mas uma das suas grandes ideias não foi muito bem aceita pela equipe e teve de esperar na gaveta durante 5 anos antes de finalmete ver a luz do dia. Trata-se na nova mecânica de “cinematic” do jogo, que contará toda a história do Kratos barbudo em apenas uma tomada, sem cortes e sem mudança de perspectiva.

A técnica já é bastante antiga e costuma chamar atenação quando usada no cinema. Mas, devido a grande dificuldade de uso – afinal de contas tudo tem que sair perfeito de uma vez só, ela não é vista tantas vezes como gostariamos. Como em um jogo você pode controlar todos os eventos que aparecem na tela, tudo fica mais fácil e chega ser supreendente que ningue´m use tanto a “one-shot cinematic technique”.

God of War vai ser lançado no próximo dia 20 de abril, somente para PS4.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Publicado por